close
logorovivo2

Justiça dá dez dias para acordo entre governo e servidores grevistas do INSS

Justiça dá dez dias para acordo entre governo e servidores grevistas do INSS

DA REDAÇÃO

9 de Agosto de 2007 às 08:40

Justiça dá dez dias para acordo entre governo e servidores grevistas do INSS

FOTO: (Divulgação)

*O juiz da 9ª Vara Federal de Brasília, Antonio Corrêa, aceitou o pedido do procurador da República no Distrito Federal, Peterson de Paula, para que o governo federal e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotem medidas para acabar com greve dos servidores do órgão, que já dura mais de dois meses. A União terá prazo de 10 dias para atender a decisão, ou então, o governo poderá ser multado em R$ 100 mil por dia. *O presidente do INSS, Valdir Moysés, diz esperar que, com a decisão da Justiça, um acordo entre os servidores em greve e o governo seja feito em breve. Segundo ele, se isso não acontecer, o corte de ponto dos trabalhadores vai continuar: "Vamos tomar as medidas legais,cortando ponto dos servidores e franqueando o acesso às agências por parte dos segurados", disse Moysés. *De acordo com o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, o prazo de dez dias é suficiente para que seja feito um acordo, mas, se nada for concretizado neste período, o governo vai recorrer da decisão. *O procurador Peterson de Paula diz acreditar que, com a decisão da Justiça de multar em US$ 100 mil diários a União e o INSS, um acordo será feito em breve, não mais prejudicando a população que, segundo ele, é a mais atingida pela greve.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS