close

TERROR: Homem invade escola e ataca alunos com machado

Inicialmente, cinco estudantes e uma professora ficaram feridos. Polícia Militar busca agressor que está foragido

METRÓPOLES

21 de Agosto de 2019 às 14:52

TERROR: Homem invade escola e ataca alunos com machado

FOTO: (Divulgação)

Policiais Militares do 28º Batalhão de Charqueadas, município gaúcho da região metropolitana de Porto Alegre, estão á procura de um homem que atacou estudantes do Instituto Educacional Estadual Assis Chateaubriand. Ele feriu alunos com golpes de machado.

 

De acordo com informações preliminares da polícia, o agressor seria um aluno do colégio de 16 anos. Ele está foragido. O ataque ocorreu por volta de 13h10 desta quarta-feira (21/08/2019). As buscas continuam.

 

A direção da escola informou ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que há alunos feridos. Cinco estudantes e uma professora foram levados para o Hospital de Charqueadas. A unidade médica informou que os casos não são graves.

 

O aluno, após desferir golpes contra os estudantes, teria tentado atear fogo a uma sala de aula. Ele carregava um galão com gasolina.

 

Segundo o chefe do Corpo de Bombeiros Voluntários, Maurico Naatz, os ferimentos são superficiais, como nas mãos, nas costas e nas pernas. “Eles estão em estado regular, mas bem nervosos pelo fato que aconteceu na escola. Todas estão fora de risco”, destacou, ao chegar ao local.

 

A Prefeitura de Charqueadas acompanha o caso. Com a repercussão, segundo a assessoria de comunicação do Executivo municipal, muitos pais buscaram os filhos mais cedo nas escolas do estado.

 

O instituto é administrado pela Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Sul. O órgão informou, por telefone, que está apurando o que ocorreu e não se manifestou.

 

Cerca de 35 policiais acompanham a situação no local, que tem ruas interditadas. As buscas continuam. O agressor teria dito, ao fugir do colégio, que buscaria outras vítimas.

 

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), lamentou o ataque. Estou retornando para Porto Alegre e tomei conhecimento do ocorrido. Já conversei com o vice-governador (Ranolfo Vieira Júnior-PTB), que está se deslocando para acompanhar investigações, apoio aos alunos e suas famílias e comunidade escolar”, escreveu no Twitter.

 

Pelas redes sociais, Randolfo tamebém comentou o caso. “Estou me deslocando para Charqueadas para acompanhar as investigações e as buscas ao responsável pelo fato ocorrido”, destacou.

 

Charqueadas fica 60km distante de Porto Alegre. Segundo dados oficiais, a escola tem mais de 500 alunos matriculados. A cidade conta com pouco mais de 40 mil habitantes, de acordo com projeção de 2018.

 

Veja as mensagens do governador e do vice:

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS