close

INUSITADO: Bebê nasce em penitenciária durante visita ao pai preso

Dois agentes penitenciários, enfermeiro e técnico em enfermagem, auxiliaram no nascimento do menino

O LIVRE

27 de Janeiro de 2020 às 10:01

INUSITADO: Bebê nasce em penitenciária durante visita ao pai preso

FOTO: (Divulgação)

Em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), os agentes da penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, conhecida como presídio da Mata Grande, atenderam a uma situação que fugiu à rotina nesse domingo (26). Durante o período de visita aos detentos, uma mulher grávida deu à luz.

 

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), a mulher foi visitar o marido, pai da criança. Era por volta das 13 horas quando ela passou mal.

 

Diante das fortes contrações, os agentes penitenciários perceberam que ela havia entrado em trabalho de parto. O diretor da penitenciária, então, chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Mas o bebê, um menino, não aguentou esperar.

 

A mulher foi retirada da ala de visitas e levada para o corpo da guarda penitenciária. Dois agentes a auxiliaram no parto.

 

Segundo a Sesp, Fernando Bento de Souza e Elvis Presley Santos da Silva – os agentes que ajudaram a mãe – são enfermeiros e técnicos de enfermagem, respectivamente.

 

Eles atuam na área da saúde, quando não estão na unidade prisional.

 

Depois do parto, a equipe do Samu, que chegou cerca de 20 minutos após o nascimento, levou a mãe e o bebê para um hospital da cidade.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS