close

ESPAÇO ABERTO: Aluno de Rondônia vai representar estado em evento internacional

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

22 de Outubro de 2019 às 09:42

ESPAÇO ABERTO: Aluno de Rondônia vai representar estado em evento internacional

FOTO: (Divulgação)

PROFESSOR PARDAL


Gabriel dos Santos Mota, estudante do Centro de Ciência e Tecnologia de Nova Mutum Paraná, foi o único selecionado no estado para participar da Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia 2019 (Mostratec – www.mostratec.com.br), que será realizada nesta semana em Novo Hamburgo (RS), de 22 a 24 de outubro. Gabriel dos Santos Mota vai expor um sensor de detecção de vazamento de gás GLP de baixo custo.

 



ALERTA


O sensor dispara alarme a partir da detecção de vazamento de gás GLP, com alcance do som de até 12 metros e duração de 10 segundos, acende uma lâmpada LED vermelha e aciona uma válvula para travar o botijão de gás. Em caso de vazamento de gás, o sensor envia uma mensagem pela internet para o dono da casa, que assim fica sabendo do problema em tempo real. Além de GLP, o equipamento ainda detecta a presença de outros gases, como propano, metano e hidrogênio.

 



BAIXO CUSTO


O valor do sensor é de R$ 80,00, praticamente simbólico se for comparado a equipamentos parecidos existentes no mercado que chegam a custar R$ 1.200. O projeto do estudante foi totalmente custeada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A Mostratec é organizado pela Fundação Liberato e contará com a exposição de 755 projetos de pesquisa de todos os estados brasileiros e de outros 21 países, como China, Estados Unidos e Taiwan. Desse total, 420 trabalhos do Ensino Médio e da Educação Profissional Técnica de Nível Médio, 263 do Ensino Fundamental e 72 projetos da Educação Infantil.

 



OUTROS EVENTOS


O projeto de Gabriel tem sido destaque em feiras científicas desde 2018, quando ficou em primeiro lugar na Feira de Rondônia Científica e Inovação Tecnológica (Ferocit), na categoria Ensino Médio. Com esse resultado, foi selecionado para a Expo Nacional MILSET Brasil, em Fortaleza (CE), quando conquistou o terceiro lugar na categoria Engenharias, que tinha 20 projetos concorrentes, e foi convidado a participar da MILSET AMLAT, que acontecerá em novembro de 2020 na Argentina.





CADÊ A BANDEIRA


Leitor da coluna, Marcos Antônio, questiona porque o bandeirão de Rondônia na entrada de Porto Velho, no Trevo do Roque, não ter ainda sido reposto pelo governo estadual. Marcos diz que a última vez que se viu aquela bela bandeira foi em fevereiro deste ano e lá se vão 8 meses somente com um mastro vazio no local.

 



BOAS VINDAS



Na maioria das capitais brasileiras bandeiras gigantes do Brasil e do respectivo estado são consideradas demonstrações de patriotismo e de boa estada para quem chega.

 



OUTRO LADO


O superintendente de comunicação do estado, Lenilson Guedes, informou que há um processo aberto para compra de uma nova bandeira com tecido de boa qualidade. Segundo Lenilson, a antiga bandeira estava com defeito, foi pago um valor alto para consertar e em uma semana se destruiu novamente.

 


NÃO DEVE PASSAR


As fotos e vídeos registrados pela equipe do Rondoniaovivo mostram onde o candidatíssimo Hildon Chaves não deve passar durante sua provável campanha à reeleição. Rua Miguel Chakian, avenida Carlos Gomes, Avenida José Viera Caúla. O mais curioso nisso tudo é que as imundícies estão localizadas em área central e nem assim alguém toma providência. A podridão mais escrota é a da Vieira Caúla onde a água suja já está esverdeada.
 

 

 

 

 



INVESTINDO NA FARINHA


Agroindústria de Farinha implantada em abril e formada por pequenos produtores, na região de Jirau, já conseguiu vender em poucos mais de 6 meses 08 toneladas do produto. 30 mercados de Nova Mutum Paraná, Jaci Paraná e Porto Velho estão sendo abastecidos. A iniciativa criou 20 empregos diretos e 27 indiretos. Atualmente são produzidos 600 kg por dia.

 


CRIAÇÃO


A agroindústria nasceu de uma parceria entre a Associação do Reassentamento Rural Coletivo Vida Nova, Cooperativa de Produtores Rurais do Observatório Ambiental Jirau (COOPPROJIRAU) e Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da UHE Jirau, que viabilizou o projeto com um investimento de R$ 1 milhão. Por meio de recurso do sub credito social do BNDES, foi possível a construção, aquisição de equipamentos e materiais.

 



PREPAROS


Muita gente já tem dado expediente nos cemitérios da capital preparando as sepulturas para visitação no Dia de Finados. Servidores da Subsecretaria de Serviços Básicos (Semusb) também já estão realizando mutirão no cemitério de Santo Antônio e Cemitério dos Inocentes.

 


CADÊ A ENERGISA


Moradores da rua Reverência, bairro Mariana, zona leste da capital, estão preocupados com a possibilidade de uma árvore podre cair sobre a rede elétrica. Eles afirmam que já comunicaram a Energisa sobre o problema mas não teriam tido resposta para a demanda. Um morador amarrou parte da árvore para tentar evitar que ela caia sobre a fiação e ocorra um acidente grave. Willian Ferreira gravou um vídeo no local.

 

 

 

 



OUTRO LADO


A assessoria de imprensa da Energisa não retornou as mensagens da coluna até o fechamento da edição.

 



PRORROGADO


Foi prorrogado até o dia 30 de outubro o prazo para preenchimento de 1/3 das vagas no Conselho Estadual de Saúde de Rondônia (CES). A inscrição deve ser feita na sede do CES/RO, que fica; Rua Elyas Gorayeb, nº 2567, bairro- Liberdade . Telefone: (69) 3216-5286. No horário de 7h30 ás 13h30 de segunda a sexta-feira.


O edital está disponível no Diário Oficial do dia 12 de setembro, página 52 e 53.

 



“ELES” É QUE DEFINEM


A CPI das Fake News do Senado, que pretende conceituar e delimitar “fake news”, além debater seus impactos, inicia uma série de audiências públicas nesta terça-feira,22. Perigoso é parlamentares decidirem o que é mentira.

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS