close
logorovivo2

Nadador rondoniense se classificar para o Mundial Escolar de Natação na Hungria

Átila atualmente representa o Estado do Espírito Santo, e aluno da Escola Estadual Almirante Barroso, na capital Vitória.

ASSESSORIA

10 de Março de 2017 às 16:20

Nadador rondoniense se classificar para o Mundial Escolar de Natação na Hungria

FOTO: (Divulgação)

 O atleta rondoniense Átila Romano de Carvalho, de 17 anos, representará o Brasil no Campeonato Mundial Escolar de Natação, em Budapeste, na Hungria. A competição aconteceu de 20 a 25 de abril. A vaga foi conquistada com a vitória na prova dos 50m peito durante o Campeonato Brasileiro Escolar de Natação, realizado em Sergipe no início deste mês.

Átila atualmente representa o Estado do Espírito Santo, e aluno da Escola Estadual Almirante Barroso, na capital Vitória. Ele foi o único representante daquele estado no torneio, que reuniu mais de 150 atletas, de 16 estados do país. O evento é promovido pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE).

Átila estudou no Colégio João Bento, de Porto Velho, onde foi campeão Mirim, e também foi atleta do Sesi. Foi também campeão em Presidente Prudente (SP), foi contratado pelo Fluminense (RJ), mas está Vitória fazendo intercâmbio. Ele foi embora de Rondônia em busca de um futuro melhor, em 2015, por falta de apoio.

Na entrevista que deu aos jornais do Espírito Santo, Átila disse que sua classificação e convocação foi a realização de um sonho. "Estou muito feliz por ter conseguido esse resultado expressivo, que me dará a oportunidade de representar o Brasil na Hungria. Vou me preparar ainda mais para trazer um bom resultado para o meu estado e para o meu país", destacou.

 Também à imprensa, o presidente da Federação Capixaba de Desporto Escolar (Fecade), Lidimar Marquêz, ressaltou o alto desempenho de Átila, que vai ao encontro do atual cenário dos atletas capixabas nas competições nacionais e internacionais.

"Átila é mais um exemplo do alto nível de atletas que estamos formando no Espírito Santo. A cada ano vemos mais resultados expressivos do Estado em competições nacionais e internacionais. Isso mostra que todo o nosso esforço em desenvolver o esporte escolar no estado tem dado resultado", reforçou Marquêz.

Além do Mundial em Budapeste, o Brasileiro Escolar de Natação serviu ainda como seletiva nacional para a formação das seleções brasileira que representarão o país nos Jogos da International Sports Federation for Catholic Schools (FISEC), na Itália, e no Pan-americano Escolar, que possivelmente será realizado em Aracaju.

Em Porto Velho, o comerciário Silmi Hudson, pai do atleta disse que infelizmente, não teve como eveitar a ida do filho para outro Estado, pois desde cedo, ele já despontava como um nadador diferenciado. Silmi lamentou pelas vezes que procurou patrocínio, de porta em porta, mas nunca foi ouvido.

"Meu filho venceu por méritos próprios por onde passou. Esforçado, dedicado, e bom filho, Àtila sabia o que queria e partiu para o desafio. Até hoje ajudamos em sua manutenção como atleta, nas cidades onde ele compete e estuda", finalizou. Ele pede às autoridades ou aos empresários que quiserem ajudar no patrocínio do atleta pode ligar para o 69 99253 6882 (Hudson) / 69 99225 2217 (Glória).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS