close
logorovivo2

Judoca de Cacoal representa o Brasil no Pan-Americano de Judô no México

Amanda Arraes está na Seleção Brasileira sub-18

DA REDAÇÃO

27 de Junho de 2017 às 11:12

Judoca de Cacoal representa o Brasil no Pan-Americano de Judô no México

FOTO: (Divulgação)

A judoca cacoalense Amanda Arraes embarcou no último sábado, 24, para Pindamonhangaba, SP, onde deve ficar em treinamento até o dia 28 de junho com a Seleção Brasileira de Judô. A atleta representa o Brasil na categoria sub-18 do Campeonato Pan-Americano que ocorrerá na cidade de Cancún, no México, de 28 de junho a 1 de julho.


Convocação

O convite e convocação da Confederação Brasileira de Judô, CBJ, para Amanda representar o Brasil no Pan-Americano foi recebido pelo técnico Nunes, no dia 23 de junho. Na disputa, se a judoca apresentar bons resultados, pode garantir uma vaga para representar o Brasil no Mundial Sub-18, realizado em agosto no Chile.

- A Amanda já vem de uma preparação constante, pois sempre está participando de campeonatos. Então quando se aproxima de uma competição é um ajuste de trabalho tático. Estamos muito confiantes de que a Amanda subirá no pódio, não sei em qual colocação, mais o podio será ocupado por uma Rondoniense – afirma o técnico, esperançoso.

Amanda seguiu até São Paulo sozinha, mas para o México será acompanhada pela equipe que compõe a CBJ. No sábado, 1, às 9h entra no tatame para defender o Brasil. Amanda Arraes foi convocada para disputar pela categoria até 44 kg. Ao todo, foram convocados 33 atletas brasileiros no feminino e masculino sub-18 e sub-21.


Trajetória

Amanda começou a treinar judô aos 10 anos, através do programa ‘Mais Educação’, quando as aulas eram aplicadas na escola onde a garota estudava, pelo seu atual técnico, Antônio Nunes.

Em 2014 a judoca conquistou o maior título nacional e se sagrou campeã Brasileira na categoria até 14 anos, garantindo vaga para seu primeiro evento internacional, o Pan-Americano Sub-15, que foi realizado em Porto Rico. Na ocasião a garota sofreu uma lesão na mão e voltou para Rondônia com o 5º lugar.

Já em 2016 Amanda conquistou o título Escolar Nacional e no final do mesmo ano, garantiu sua vaga na Seleção Brasileira Sub-18 como a segunda do ranking nacional.

Este ano, a judoca manteve seus resultados positivos. Mas para chegar ao topo precisou enfrentar uma adversária de São Paulo no Campeonato Brasileiro de Judô, e acabou perdendo. Mais apesar da derrota, ‘Amandinha’, como é conhecida devido sua estatura, mostrou para a comissão técnica da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) que merecia ser convocada para representar o Brasil no Pan-Americano de Judô Sub-18.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS