close
logorovivo2

Isabel Clark sofre com fortes ventos, cai em treino e passa por exames no hospital

Brasileira será reavaliada na manhã desta quinta em PyeongChang para poder competir na manhã de sexta - noite de quinta no Brasil

GE

14 de Fevereiro de 2018 às 14:50

Isabel Clark sofre com fortes ventos, cai em treino e passa por exames no hospital

FOTO: (Divulgação)

A bruxa está solta em PyeongChang. Pelo menos para os brasileiros. Depois de Michel Macedo se machucar em um treino e perder as duas primeiras provas do esqui alpino, nesta quarta-feira foi a vez da snowboarder Isabel Clark cair durante o último treino antes da estreia na Olimpíada de Inverno. A carioca de 41 anos treinava no Phoenix Snow Park, quando sofreu uma queda na descida da pista oficial. Sentindo dores no joelho e no calcanhar direito, foi levada para o hospital da região dedicado aos Jogos, fez exames e nenhuma lesão ou fratura foi constatada. Na manhã desta quinta-feira, noite de quarta no Brasil, a atleta vai ser reavaliada pelo médico do Comitê Olímpico do Brasil (COB) Roberto Nahon e, à princípio, compete.

 

- A pista está muito dura e longa, com saltos imensos. É a mesma pista para homens e mulheres, com grau de dificuldade muito maior do que a do circuito de Copa do Mundo. Com o vento forte, várias meninas tiveram problemas nesses dois dias de treinamento oficial - disse a brasileira.

 

Isabel descia na mesma pista em que serão disputadas as eliminatórias na quinta-feira, às 23h, horário de Brasília. De acordo com a assessoria de imprensa do COB, o vento forte, que tem atormentado os esportes de montanha e cancelado provas do esqui alpino, fez com aque a snowboarder perdesse o controle na aterrissagem. Foi pedido atendimento médico na pista e depois Isabel foi levada para o hospital para realizar exames de imagem.

 

Nos últimos dois meses, Isabel vem sofrendo com lesões. Em janeiro, a brasileira caiu em uma etapa da Copa do Mundo na Itália e sofreu uma lesão no pescoço. Foi levada de helicóptero para o hospital e precisou ficar em repouso no Brasil. Por conta disso, não participou das últimas etapas da Copa do Mundo de snowboard cross antes de PyeongChang. A carioca chega à sua quarta Olimpíada. Ela estreou em Turim 2006, esteve em Vancouver 2010 e Sochi 2014, todas as vezes no snowboard cross. Isabel tem a melhor classificação de um brasileiro em Olimpíadas de Inverno. Um 9º lugar em 2006.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS