close
logorovivo2

Governo busca acordo para indenizar vítimas do “Massacre de Corumbiara”

Governo busca acordo para indenizar vítimas do “Massacre de Corumbiara”

DA REDAÇÃO

27 de Novembro de 2007 às 14:07

Governo busca acordo para indenizar vítimas do “Massacre de Corumbiara”

FOTO: (Divulgação)

Foto/legenda: Camponeses sob vigília da polícia na Fazenda Santa Elina, ponto de conflito em Corumbiara, no ano de 1995 Numa mobilização governamental buscando entendimentos para assegurar a indenização das famílias de trabalhadores rurais vítimas do massacre de Corumbiara, ocorrido em 1996, o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Joarez Jardim, se reuniu na manhã desta terça-feira, em seu gabinete no Palácio Presidente Vargas, com os advogados dos trabalhadores Romilton Marinho e Erivaldo Monte, para encaminhamentos buscando estabelecer um acordo. “Estamos manifestando claramente a intenção do Governo em buscar uma solução, um entendimento para o caso, contemplando com justiça a todas as famílias, verdadeiramente envolvidas com o problema. A determinação do governador Ivo Cassol é que façamos um esforço nesse sentido”, explicou Joarez Jardim. Dois processos estão tramitando na 1ª Vara Cível, em Colorado do Oeste. Um trata do pedido de indenização por parte de familiares de pessoas mortas durante o conflito e o outro é um pedido de indenização por parte de pessoas que se feriram no confronto entre trabalhadores e a Polícia Militar, em 1996. administrativamente, outra reivindicação diz respeito ao pagamento de uma pensão à 13 famílias. “Nossa intenção é conversar com cada uma das pessoas que faz parte das ações, para apresentar nossa proposta e nossa disposição em estabelecer um acordo, que seja vantajoso aos trabalhadores rurais e também ao Governo, resolvendo um caso que se arrasta há anos e que ainda está na esfera local”, disse Jardim, destacando que dessa forma o Governo demonstra que quer resolver o caso e que está dando total atenção ao problema. Direitos Humanos – Em recente reunião com o ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi, o governador Ivo Cassol discutiu o caso Corumbiara e assumiu o compromisso de intermediar uma solução para o impasse.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS