close
logorovivo2

Governo prorroga prazo para empresários em débito com ICMS

Governo prorroga prazo para empresários em débito com ICMS

DA REDAÇÃO

28 de Novembro de 2007 às 13:44

Governo prorroga prazo para empresários em débito com ICMS

FOTO: (Divulgação)

O Governo de Rondônia espera receber, até o dia 31 de dezembro deste ano, cerca de R$ 500 milhões de ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS), de empresários em débito com a Receita Estadual que estão tendo mais uma chance de quitar a dívida aproveitando o Refaz III. O prazo, de acordo com o coordenador Ciro Funada, deveria ter sido encerrado no dia 30 de setembro, mas a administração Ivo Cassol decidiu prorrogá-lo, para só a partir de janeiro do próximo ano adotar medidas rigorosas, que incluem execução judicial. Conforme Funada, os empresários em débito deverão acessar o site: www.sefin.ro.gov.br ou ligar para (69) 3211-6195), onde constam todas as informações e orientações necessárias. Além da prorrogação do prazo para o refinanciamento da dívida, o coordenador da Receita Estadual disse que os empresários também têm direito a parcelamento em até 180 meses (em até 120 não necessitarão de garantia), com descontos de até 60%. No caso de pagamento a vista, o desconto é de 75%. Para os que não atenderem à convocação do Governo, que está sendo feita em vários veículos de comunicação de circulação estadual, Funada alertou que terão o nome incluído nos órgãos de restrições ao crédito, ficando impedido de constituir outra empresa, tirar certidões negativas, vender ou receber incentivos fiscais do Governo. “Trata-se de uma oportunidade ímpar para que os empresários inadimplentes ou com dívida ativa possam ter a situação regularizada junto à Receita Estadual, pagando em cota única ou em parcelas, recebendo descontos nos juros e nas atualizações monetárias. Depois desse prazo iremos apertar o cerco contra a inadimplência”, reforçou Ciro Funada, informando que a atualização é feita com base na Taxa de Juros Selic. O coordenador lembrou ainda que a quitação desses débitos é de fundamental importância para a administração estadual, que pretende implementar uma série de projetos a partir de 2008, como a construção do Centro Político Administrativo, além de manter o pagamento dos servidores em dia e dentro do mês trabalhado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS