close

Painel Político – (PPS de Moreira Mendes consegue espaço no governo, mas não muito) - Alan Alex

PPS consegue espaço no governo, mas não muito

DA REDAÇÃO

22 de Abril de 2010 às 18:06

Painel Político – (PPS de Moreira Mendes consegue espaço no governo, mas não muito) - Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

Em família

O PPS de Moreira Mendes ganhou espaço no governo de João Cahúlla. Isso porque sem o apoio da regional, a eleição de Cahúlla ficaria inviabilizada, já que os acordos feitos pelo ex-governador Ivo Cassol terminaram complicando o meio de campo. Esse passo também pode marcar o início de um corte no cordão umbilical entre Cassol e o atual governador, João Cahúlla. Apesar de ser um corte bem superficial, se levarmos em consideração que o novo Chefe da Casa Civil, Guilherme  Erse, que assume o cargo nesta sexta-feira, tem um filho com a filha de Ivo Cassol.

Mais nomeações


O PPS também conseguiu a presidência do Iperon, que será ocupada por Benedito Orlando, além de algumas diretorias no órgão. Também conseguiu diretorias na Sedam e no DER, além de cargos em secretarias de governo no interior, como Rolim de Moura, Cacoal e Ariquemes, base eleitoral de Rubens Moreira Mendes, esse aliás, pré-candidato a reeleição na Câmara Federal, “essa informação de que eu disputaria uma vaga para o Senado não passou de mera especulação, é uma informação que não procede”, disse Moreira Mendes.

Segunda fase


Após ser concluída essa fase de “adequações” nas secretarias de Governo, o PPS vai começar a definir quem vai ser o vice-governador na disputa. Moreira Mendes declarou que “o importante agora é finalizar essa etapa para que possamos fortalecer a liderança do único governador que o PPS tem no Brasil”. O deputado Ezequiel Neiva (PPS) ficou com a responsabilidade de organizar as alianças proporcionais, e Moreira Mendes as majoritárias.

Sobre Neodi

O nome de Neodi Oliveira, atual presidente da Assembleia Legislativa, é, na opinião de Moreira Mendes, “muito bom”, mas essa questão não está fechada. De acordo com o deputado, o partido vai estudar as questões regionais, avaliar as alianças ofertadas para apenas então, definir o nome do vice, “o momento é de adequação”, concluiu Moreira Mendes.

Na verdade


Essa “adequação” não representa mudanças efetivas na administração estadual. Os cargos que o PPS conseguiu não alteram em nada a estrutura do primeiro escalão, deixada por Ivo Cassol. Os cargos chaves, como finanças, Educação, Segurança e Saúde continuam como estão e dificilmente serão liberados para outras legendas em troca de apoio. Até porque, se existe alguém na atual conjuntura que deveria ser agradado é Moreira Mendes, que detém o comando do PPS no Estado. Como a nacional já definiu que vai de PSDB, por aqui, Mendes poderia embaçar essa pré-candidatura de Cahúlla. Mas, pelo que tudo indica, as coisas já se resolveram. Mas se Mendes tivesse batido o pé, certamente poderia ter conseguido muito mais.

Falando em vice

Do nanico PTC poderá sair o vice do PSDB. Crescem os rumores da indicação de Jair Montes, presidente do PTC, para a vaga. Isso porque, na análise da executiva dos tucanos, ele preenche o requisito de ser da Capital. É aqui que os nomes dos pré-candidatos do PSDB encontram mais obstáculos. E é aqui que os tucanos deverão montar o ninho.

Lançamento

Nos próximos dias deverá acontecer o lançamento oficial da pré-candidatura de Expedito Júnior para o governo do Estado. O evento que seria no interior foi transferido para a Capital exatamente porque os tucanos perceberam que precisam dar mais atenção a esse colégio eleitoral. A festa contará com tucanos ilustres, como o senador cearense Tasso Jereissati e outros convidados.

No limite

Os trabalhadores que constroem a usina de Santo Antônio se rebelaram na última terça-feira devido a morte de um companheiro no alojamento, que ocorreu, segundo os barrageiros, por falta de atendimento médico no local. Os acontecimentos que culminaram com mais essa rebelião, já eram esperados. A situação dos trabalhadores não vai melhorar, mão de obra é o que não falta e o que deve ocorrer é que os “lideres” do “movimento rebelde” serão identificados e demitidos. É o preço do progresso.

Desabafo

O leitor Júnior Sales Gama, enviou na terça-feira o seguinte e-mail: “Boa tarde, bom venho através deste canal registrar toda a minha insatisfação e indignação com a Instituição Bancaria Banco do Brasil, Recentemente vendi um imóvel de aproximadamente R$ 220.000,00 bom tenho conta bancaria em um banco por questão de ética não vou citar o nome porem encerrei minha conta e busquei abrir uma junto ao Banco do Brasil, pois devido à rede de atendimento grande a quantidade de caixas eletrônicos espalhados pela cidade fizeram procurar o referido Banco para abrir uma conta corrente e poupança para depositar o referido valor da venda do imóvel bem como fazer depósitos saques aplicações etc..., recebi um sonoro não em todas as agencias que fui aqui em porto velho segundo os atendentes o Banco do Brasil não esta abrindo conta corrente para pessoa física, só abre mediante se eu fosse funcionário publico ou a empresa que trabalho tivesse conta no Banco do Brasil e recebesse, meu salário por La isso através de uma conta salário, então meu dinheiro não vale nada? Não fui pedir ao Banco que me concedesse empréstimo, cartão de crédito, cheque etc... Mas sim abrir uma misera conta para depositar um dinheiro resultado de anos de trabalho, sem contar que recebo religiosamente meu salário da empresa cujo sou representante comercial e obvio iria para na minha conta. Fui a outro banco abri minha conta e estou satisfeito, então o Banco do Brasil não olha nem para sua cara na porta mesmo diz que você não pode ser cliente, sem ao menos analisar seu histórico financeiro suas referências comerciais, com a palavra o Superintendente do Banco Do Brasil aqui em Porto Velho”.

Sobre isso


Só posso falar o seguinte: eu me impressiono como os delinquentes apresentando documentos falsos, conseguem abrir contas, cartões de crédito, talões de cheques e outros serviços oferecidos pelos bancos sem serem descobertos, enquanto que um cidadão trabalhador, é submetido a esse tipo de situação.

Relembrando

em 2008, ano de eleição, a prefeitura desfilou com todo seu maquinário pelas ruas de Porto Velho anunciando a chegada do verão e que por causa disso, todos os problemas da cidade estariam resolvidos. Estamos entrando no terceiro verão desde então e tudo continua igual, as ruas esburacadas, as obras paradas e as máquinas agora, não desfilam mais.

Barulheira

O centro comercial de Porto Velho está sonoramente poluído. Algumas lojas colocam caixas de som amplificadas viradas para a rua e passam o dia inteiro tocando músicas de gosto duvidoso, ampliando ainda mais o desconforto de quem anda nas ruas, embaixo do sol escaldante. A Polícia Ambiental precisa começar a multar esses lojistas. A Lojas Romera, situada no cruzamento das Avenidas Dom Pedro II e Marechal Deodoro é uma dessas. Elas ficam disputando quem faz mais barulho. Na Avenida 7 de Setembro também não é diferente. Não basta o barulho de carros, ônibus e caminhões? O que esse povo tem contra o silêncio?

Polêmico

O ministro Gilmar Mendes comandou nesta quinta-feira sua última sessão como presidente do Supremo Tribunal Federal. Ele será substituído no comando do STF e também do Conselho Nacional de Justiça pelo colega Cezar Peluso, que assume o posto amanhã (23). Na sessão desta quinta, o ministro destacou o "esforço de modernização" do Judiciário e fez elogios ao sucessor, ao dizer que Peluso "vai conseguir avançar ainda mais na consolidação do Judiciário como instituição do poder de transformação". Gilmar Mendes concedeu dois habeas corpus para o banqueiro Daniel Dantas em menos de 24 horas e protagonizou discussões acaloradas com o também Ministro Joaquim Barbosa durante sessões no STF. Para alguns, ele já vai tarde, para outros, vai deixar saudades.

Há 510 anos

No dia 22 de Abril, de modo que não se sabe com certeza se foi acidental ou já premeditado - embora as recentes pesquisas historiográficas demonstrem que os portugueses tinham, no mínimo, alguns fortes indícios de haver terra no outro lado do Atlântico (graças à carta da viagem de Vasco da Gama) -, avistou-se terra chã, com grandes arvoredos: ao monte. Ao grande monte, Pedro Álvares Cabral batizou de Monte Pascoal e à terra deu o nome de Ilha de Vera Cruz — já que não se pensava ser uma terra muito extensa -; depois, descobriu-se ser um continente, denominaram-na Terra de Santa Cruz (hoje Porto Seguro, no Estado brasileiro da Bahia). Aproveitando os alísios, a esquadra bordejou a costa baiana em direção ao norte, à procura de uma enseada, achada afinal pouco antes do pôr-do-sol do dia 24 de abril, em local que viria a ser chamado Baía Cabrália. Ali permaneceram até 2 de maio, quando rumaram para as Índias, cumprindo finalmente seu objetivo formal de viagem, deixando dois degredados e dois grumetes que desertaram. Via Wikipédia.

Câncer de mama

Um remédio para combater a osteoporose reduz em 38%, sem efeitos colaterais graves, o risco de contração de câncer de mama por mulheres com um alto porcentual de possibilidade de sofrer da doença, segundo pesquisas. Tanto esse remédio como o "tamoxifen" foram aprovados anteriormente para combater o câncer de mama, mas poucos médicos o recomendaram e poucas mulheres o tomaram por temerem seus possíveis efeitos colaterais. O grande problema é que o "tamoxifen" reduz em 50% as possibilidades de contrair câncer de mama, mas duplica o risco de câncer de endométrio, o tipo de câncer uterino mais comum, segundo o Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos. Por outro lado, o novo estudo demonstra que o outro remédio, o "raxoline", não aumenta o risco e, por isso, especialistas consideram que poderia ajudar a diminuir as preocupações de médicos e mulheres sobre efeitos secundários. O "raxoline", segundo Vogel, "não é uma cura, mas é uma importante proteção para aquelas mulheres com um alto risco" de sofrer câncer de mama.

Professor é culpado

Um professor ruim pode impedir que uma criança atinja seu pleno potencial. Essa é a conclusão de um estudo realizado pela Universidade Estadual da Flórida e publicado na edição desta semana da revista Science  e que, segundo os autores, pode pôr fim ao debate sobre qual a influência predominante na educação, a qualidade do ensino ou a genética do aluno. "Quando as crianças recebem uma instrução melhor, elas tendem a se desenvolver em sua trajetória ótima", disse a psicóloga Jeanette Taylor, principal autora do trabalho. "Quando a instrução é menos eficiente, o potencial não é otimizado e as diferenças genéticas não se manifestam". A psicóloga e seus colegas analisaram os impactos do potencial genético e da qualidade do ensino a partir do desempenho de pares de gêmeos fraternos e univitelinos. Os univitelinos têm a mesma constituição genética e os fraternos, em média, partilham apenas metade dos genes. Usando as notas dos testes de fluência oral dos gêmeos, que avalia a capacidade de leitura, estimaram quanto da variação na capacidade de leitura era causada por fatores genéticos. Em seguida, usaram a nota média dos demais estudantes da classe para fazer um índice da qualidade dos professores. O resultado foi de que o potencial genético estimado dos estudantes só era atingido quando o índice de qualidade do professor também é alto. Os autores destacam que outros fatores, como colegas de classe e os recursos físicos da escola também podem influenciar o resultado, mas que ignorar o impacto da qualidade do professor em favor de outros fatores seria "uma oportunidade perdida".

Contatos


3229-8673, 9907-0701 ou alan.alex@gmail.com. Essas são as formas de contatar a coluna.

Na TV


O programa Painel Político é exibido de segunda a sexta-feira a partir do meio-dia com reprises às 7 horas, pelo Canal 38 – RBRTV.

Nas bancas


Folha de Rondônia, o maior jornal do Estado é parceiro da coluna e do programa Painel Político.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS