close

Governo do Estado intensifica combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

Governo do Estado intensifica combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

DA REDAÇÃO

7 de Maio de 2010 às 15:58

Governo do Estado intensifica combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

FOTO: (Divulgação)

O impacto social em Porto Velho com a construção das usinas hidrelétricas do Rio Madeira, já começa a registrar um saldo negativo no que tange a integridade de menores que vivem em Jacy-Paraná, distrito próximo ao canteiro de obras da usina de Jirau.
 
É crescente o número de gravidez precoce, inclusive em casos com mães de apenas treze anos de idade, segundo o secretário de Estado de Assistência Social (Seas), Sebastião Calegari Filho, que já visitou mais de uma vez, o posto de saúde da localidade, onde se inteirou da situação com o objetivo de solicitar providências cabíveis por parte das autoridades competentes.
 
Questionado sobre as medidas que a pasta está tomando diante desse fato, ele esclareceu que em âmbito estadual a assistência social tem um papel de gestor, sendo, portanto do Município a competência para buscar meio de solucionar o problema.
 
Conforme observou, questões como essas devem ser acompanhadas por um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), unidade pública de atendimento especializado da assistência social de abrangência municipal ou regional da proteção social especial do Sistema Único da Assistência Social (Suas).
 
“Nesses espaços são ofertados serviços de proteção a indivíduos e famílias vítimas de violência, maus tratos e outras formas de violação de direitos”, declarou Calegari, esclarecendo que outra forma de atender as pessoas em risco e vulnerabilidade social são os Centro de Referência da Assistência Social (Cras), mas nenhuma dessas duas instituições da esfera municipal está presente em Jacy-Paraná , apesar do aumento da demanda.
 
Para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, além do trabalho infantil, o Governo do Estado, por meio das secretarias de Assistência Social e de Justiça está realizando uma campanha de conscientização. Técnicos dessas duas pastas percorrem avenidas de centros comerciais, onde há um grande fluxo de pessoas, distribuindo, material explicativo a lojistas e clientes para abraçar a causa.
 
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS