close

TRANSPOSIÇÃO - Após manifestação contrária do Governo à Emenda e MP sindicalistas se reúnem com bancada da Câmara

Após manifestação contrária do Governo à Emenda e MP sindicalistas se reúnem com bancada da Câmara

DA REDAÇÃO

13 de Maio de 2010 às 05:00

TRANSPOSIÇÃO - Após manifestação contrária do Governo à Emenda e MP sindicalistas se reúnem com bancada da Câmara

FOTO: (Divulgação)

O relator da matéria, deputado Marcelo Ortiz (PV-SP), esclareceu aos sindicalistas que não tem como rejeitar parte da emenda. “Ou eu acolho na íntegra a emenda ou a rejeito integralmente”.
 
Após serem informados em cima da hora que o Governo havia encaminhado manifestação contrária a Emenda nº. 28 à Medida Provisória nº 472, que trata da transposição dos servidores do Estado para os quadros da União, os dirigentes sindicais do Sinjur, Sinsempro, Sintraer, Aspra e Sindur buscaram , através dos deputados Eduardo Valverde (PT), Mauro Nazif (PSB), Marinha Raupp (PMDB) e Natan Donadon (PMDB) uma audiência com o líder do Governo, Cândido Vacarezza (PT). 

Durante a reunião foi esclarecido ao líder do Governo que há uma expectativa por parte de milhares de servidores do Estado que aguardam a regulamentação da Emenda Constitucional nº. 60/2009 e que a rejeição da emenda poria fim ao anseio desses trabalhadores. 

O líder do governo,  após ouvir os parlamentares e sindicalistas,  disse que discutirá na segunda- feira com Ministro das Relações Institucionais, Casa Civil, Planejamento e Fazenda para chegar a um entendimento para contemplar o texto trabalhado pela bancada federal de Rondônia e sindicalistas, o que possibilitará a votação,  já na terça-feira, em Plenário. 

Os dirigentes sindicais estarão na próxima semana em Brasília, para, juntamente com a bancada federal, trabalhar para que a Emenda nº 28 seja mantida na Medida Provisória nº 472, e acabar com o desespero que tomou conta dos servidores de Rondônia. 

O relator da matéria, deputado Marcelo Ortiz (PV-SP), esclareceu aos sindicalistas que não tem como rejeitar parte da emenda. “Ou eu acolho na íntegra a emenda ou a rejeito integralmente”. 

O coordenador da bancada federal, Eduardo Valverde (PT), acredita que tudo será resolvido num entendimento com o Governo Federal. 

Os sindicalistas deverão fazer uma reunião de emergência para discutir as estratégias a serem tomadas na próxima semana, assim que retornarem ao Estado.
 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS