close

CASO RAFINHA - Diretor do Governo apóia ofensas de humorista do CQC ao povo rondoniense

Agora, Senhor Frederico é chegada a hora de rever seus posicionamentos públicos, procurar se conduzir adequadamente como agente público, ter um comportamento digno e equilibrado do cargo que ocupa, ao invés de sistematicamente vir expondo o Governo do Est

DA REDAÇÃO

15 de Abril de 2011 às 08:01

CASO RAFINHA - Diretor do Governo apóia ofensas de humorista do CQC ao povo rondoniense

FOTO: (Divulgação)

O senhor Frederico de Castro Perillo, (FOTO AO LADO)também conhecido por Fred Perillo, atual diretor do Departamento de Comunicação Social do Governo do Estado de Rondônia, perdeu uma grande oportunidade de ficar calado, aprender a ouvir, e buscar ter respeito para com os cidadãos do Estado que lhe tem oportunizado a sua sobrevivência profissional. O empreiteiro artístico além de hipotecar apoio ao autor das sórdidas, abomináveis, execráveis e desprezíveis agressões contra o povo rondoniense, ainda de forma insensata, critica àqueles que contestaram os abusos e se manifestaram contra o show do humorista Rafinha Bastos, membro do Programa CQC da Rede Bandeirantes, programado para julho em Porto Velho.
Acontece que o Senhor Frederico antes de “virar” autoridade já ganhava a vida promovendo eventos culturais como os projetos “Sempre um Papo” e “Circuito de Humor”, e havia contratado o humorista do CQC para um show em Rondônia. Apesar de ser diretor geral de um departamento governamental ainda lhe sobra tempo para serviços extraordinários.
Incrível, mas o moço que ocupa o mais alto patamar da hierarquia da imprensa governamental (cargo este já ocupado anteriormente por ilustres jornalistas) chama de gênio o tal fulano Rafinha Bastos, aquele mesmo que tenta nos ridicularizar a nível nacional (em vídeo o comediante profere várias piadas depreciativas relacionadas à aparência do povo de Rondônia).
Pelo fato dos rondonienses terem repudiado os insultos do humoristazinho (que depende rigorosamente da televisão para se projetar), o Senhor Diretor de Comunicação Social do Governo do Estado de Rondônia, chama a todos nós que protestamos de ignorantes. Diz o diretor do Governo: “Infelizmente estamos voltando às trevas e a intolerância. A obscuridade, como sempre, prevaleceu. Cancelei o show do Rafinha Bastos em Porto Velho. Faremos em Manaus, Belém e Rio Branco em julho”.
O diretor de Comunicação Social do meu Estado (sou rondoniense nato) manifesta toda sua indignação, pelo fato de ter cancelado o show deste desprezível humorista do CQC, ao afirmar categoricamente sermos ignorantes por não entendermos de piada e muito menos humor. Entendemos sim, Senhor Frederico. Inclusive, entendemos de vergonha na cara, respeito ao próximo, coisa que este humoristazinho de última categoria não sabe, e parece-me também o Senhor demonstrar não saber.
Na qualidade de rondoniense, meu repúdio a todos estes elementos que tentam se promover a custo dos outros, como o tal Rafinha Bastos, que faz sucesso através do humor sem graça, rasteiro, agressivo, depreciativo e apelativo. Novamente meu repúdio a todos estes forasteiros, abutres, que se aproveitam das facilidades do Estado, para depois cuspir no prato que comeu. Ainda bem que foi cancelada esta porcaria de show. Não queremos este tipo de lixo artístico por aqui, temos bons, excelentes artistas regionais, e o povo de Rondônia merece respeito.
Agora, Senhor Frederico é chegada a hora de rever seus posicionamentos públicos, procurar se conduzir adequadamente como agente público, ter um comportamento digno e equilibrado do cargo que ocupa, ao invés de sistematicamente vir expondo o Governo do Estado ao ridículo, ao vexame, a uma exposição gratuita na imprensa, principalmente por suas peripécias turísticas e declarações desastrosas. Talvez esteja justificada aí a lentidão ou a ineficiência da imprensa governamental.
Mais um recado Senhor Frederico: Se aqui os ignorantes que não entendem de cultura e vivem nas trevas estão lhe causando tantos aborrecimentos, e até prejudicando suas empreitadas financeiras, então esta é uma ótima oportunidade para Vossa Senhoria arrumar a trouxa.
 
Autor: Paulo Ayres, natural de Porto Velho - Estado de Rondônia, Jornalista, Radialista, Professor, Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos, Técnico Legislativo, Membro da Diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo-Sindler, Presidente da Associação dos Tecnólogos em Gestão de Recursos Humanos do Estado de Rondônia-ATRH, Ex-Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Rondônia-Sinjor, Ex-Presidente do Lions Clube de Porto Velho Centro, e Ex-Conselheiro da Ordem Maçônica em Rondônia. Celular 8116-9750 e email: pauloayres_jornalista@hotmail.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS