close

Secretaria de Assuntos Estratégicos estuda projeto para modernização tecnológia

Secretaria de Assuntos Estratégicos estuda projeto para modernização tecnológia

DA REDAÇÃO

3 de Maio de 2011 às 05:00

Secretaria de Assuntos Estratégicos estuda projeto para modernização tecnológia

FOTO: (Divulgação)

 
O Secretário da SEAE - secretaria de estado de assuntos estratégicos- Rui Vieira se reuniu com a empresa de telefonia Oi, detentora dos links de acesso à internet pelo governo do estado. Na reunião foram discutidas as temáticas das soluções para as áreas de saúde, segurança e educação. Outro assunto discutido foi banda larga Social.
Segundo o Secretário Rui Vieira, estes estudos estão dentro do programa de governo para Política de Modernização da Gestão Pública.
Através da modernização tecnológica, os benefícios nas áreas específicas terão um retorno imediato.
Presente também na reunião, o Sr Marcelo Farias Braga, diretor do DETI – Diretoria Executiva de Tecnologia da Informação, que faz parte da SEAS, participou da reunião e destacou a importância da reunião com a OI. Segundo Marcelo, o governo vê a necessidade de conversas com a empresa para apresentação de pontos específicos, visando o lado social através destas parcerias entre a OI e os governos de vários estados.
Na área de segurança, por exemplo, é possível destacar o sistema de som, onde será possível identificar a diferença entre o ruído de um disparo de arma de fogo e fogos de artifício. Detectores poderão ser instalados em pontos específicos da cidade e conseguirão captar, em determinado perímetro, o local de onde foi efetuado o disparo. Tudo sendo monitorado através de um controle que ficará dentro do CIOP- centro integrado de operações policiais.
Outro exemplo prático está relacionado à saúde, com a implantação do prontuário eletrônico. Uma vez instalado o sistema, o cidadão poderá ser atendido em qualquer hospital público estadual, apenas utilizando o cartão eletrônico ou a impressão digital e futuramente, o reconhecimento através da íris.
O sistema propicia o monitoramento podendo, também, auxiliar em ações por parte da secretaria de saúde na identificação de focos de epidemia, ajudando, desta forma, no combate preciso e imediato.
Estes estudos foram apresentados ao governo pela empresa de telefonia para estudos de viabilização.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS