close

10 – 7 é = 4 nas cartilhas do MEC e do governo do PT - Por: João Serra Cipriano

João Serra Cipriano

DA REDAÇÃO

7 de Junho de 2011 às 09:17

10 – 7 é = 4 nas cartilhas do MEC e do governo do PT - Por: João Serra Cipriano

FOTO: (Divulgação)

Longe das guerras ideológicas e partidárias que pegam fogo nos bastidores da política no Congresso Nacional em razão dos fortes indícios de mais uma vez o Ministro Palocci estar envolvido até o pescoço em fortes indícios de enriquecimentos. Olha que o camarada não é réu primário em matérias de escândalos e indícios de falcatruas em Brasília. (Que nos diga o coitado do caseiro e jardineiro da mansão freqüentada pela republica de Pallocci).

Bom, a grande maioria, dos brasileiros e brasileiras foram as urnas (leia-se 20 milhões de eleitoras tuteladas pelo Bolsa Família) e deram mais um voto de confiança no PT, ao subtrair (-) que as denúncias daquela época eleitoral poderiam ser apenas dor de cotovelos da oposição e os camaradas liderados, agora por Dilma seria a melhor opção para os destinos do Brasil. Na época,  garantiram mudanças e o combate rígido de membros envolvidos em denúncias de corrupção, olha que estavam mergulhados no caso Erenice Guerra, a tal senhora que mantinham um esquema a partir da Casa Civil e com tentáculos nos correios e outros ministérios, tudo devidamente arquivado por “falta de provas”.

A verdade é que a senhora Dilma assumiu o cargo maior da nação brasileira e as mazelas, as ondas de indícios de membros do PT em atos de corrupção continuam do mesmo jeito.  Assim como as graves falhas no Ministério da Educação, que deveria ser exemplo de responsabilidade e competência.

Nada contra ninguém com cargos de confiança no governo federal, mas, o Senhor Ministro da Educação Fernando Haddad já deveria ter sido trocado lá nos episódios polêmicos das provas erradas do Enem e outra mazelas denunciadas por toda a grande imprensa brasileira. “Já dizia o governista, ex-presidente e hoje senador  Fernando Collor, que, quem não tem competência não substabeleça”. Será?

Olha que o tal ministro e o MEC têm criado inúmeros exemplos de incompetências e prejuízos para o erário. Primeiro foram às tais provas do Enem editadas com páginas trocadas e, em seguida foram às datas do Enem, ainda no governo LULA foram registradas outras mazelas imperdoáveis e agora, o Ministério e o ministro Fernando Haddad voltam à mídia nacional com o tal vídeo em que induziam as nossas crianças a práticas homossexuais e como não bastassem tanta besteiras, surge às cartilhas encaminhadas para todos os Estados Confederados onde erros também imperdoáveis de gramática e de aritmética, onde foram registrados e reclamados por educadores dos quatro cantos do Brasil.    

Do jeito que lidam as coisas aqui em Brasília, acobertando corruptos e corruptores e pelas cartilhas entregues aos nossos jovens na era PT, não vai ter como cobrar nada dessa nova geração de brasileiros quando completarem maioridade.

Alguém da base aliada deve alertar o PT, o senhor Lula (PRESIDENTE HONORÁRIO) e a senhora Dilma, atual chefe do “Estado Maior” e dos camaradas de esquerda, que não dá para sustentar democracia com tais abusos a ordem pública e também, pela total falta de qualidade no ensino de uma Nação.  “votos pela alienação de pobres e miseráveis, além da manutenção da governabilidade a base de acobertamentos de atos de improbidades e corrupção, com descarada alienação TAMBÉM do Congresso Nacional em troca de nomeações nos estados e emendas parlamentares, com certeza levará o Brasil ao fundo do poço ético e político”.  

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS