close

PAINEL POLÍTICO – Governo quer adotar cartões corporativos para secretarias – Por Alan Alex

PAINEL POLÍTICO – Governo quer adotar cartões corporativos para secretarias – Por Alan Alex

DA REDAÇÃO

1 de Agosto de 2011 às 19:30

PAINEL POLÍTICO – Governo quer adotar cartões corporativos para secretarias – Por Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

Desculpas
Esse é o governo das desculpas esfarrapadas, das justificativas furadas e do “a culpa é dos outros”. Com argumentos fracos, tenta-se cobrir a incompetência administrativa e pior, jogar a responsabilidade sobre pessoas que nunca tiveram culpa, nem oportunidades para fazer o que o atual governador tem. Estamos falando do cancelamento dos Jogos Estudantis de Rondônia – JOER, que por uma total irresponsabilidade, vai deixar de ser realizado este ano, a pretexto de “ser remodelado” em 2012. Mas antes dessa desculpa, culparam o Tribunal de Contas, a equipe responsável pela organização e até os estudantes, que segundo nota do secretário Júlio Olívar, “tiveram atuação pífia em jogos anteriores”.
Pois bem
Dito isto, vamos aos fatos. O governo, a pretexto de “primeiro ano”, autorizou um verdadeiro festival de recursos, que foram distribuídos, sabe-se lá adotando quais critérios, para feiras agropecuárias em todo o Estado, para o carnaval fora de época em Porto Velho e mais uma dúzia de eventos, diga-se de passagem, particulares, que visam o lucro de seus organizadores, cujo retorno popular é igual a zero.
Sobre o JOER
Desde o começo deste ano que estudantes, atletas, pais e educadores vem cobrando a organização dos jogos, pois sabem que o calendário é apertado e sabem também que a expectativa dos estudantes é enorme. As escolas públicas pouco oferecem aos alunos, que na maioria das vezes treinam por amor a camisa. Fazem sacrifícios enormes, utilizam equipamentos inadequados, e mesmo assim mantém o sonho de disputar os jogos brasileiros, para que possam mostrar seus talentos. Inadmissível que o governo não tenha conseguido organizar os jogos em tempo hábil.
Frustração
Os alunos atletas, considerados “pífios” por Júlio Olivar e pelo governador Confúcio Moura estão revoltados e programaram para esta terça-feira, em frente ao ginásio Claudio Coutinho, uma manifestação pedindo a realização do JOER este ano. Difícil eles conseguirem alguma coisa, de qualquer forma, vale o protesto.
Enquanto isso
Da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental chegam denúncias de nepotismo em diversos setores. Só para listar rapidamente, mãe e filha trabalhando juntas no setor de transportes; pai e filha no almoxarifado e transportes; marido e mulher trabalhando em transportes e assessoria; Marido e mulher trabalhando no setor financeiro. Todos ocupando cargos comissionados. Se não me engano, nepotismo é proibido por força de lei no Brasil.
Voltando
Nesta terça-feira, 02, a Assembleia Legislativa retorna os trabalhos e vai ter muito trabalho neste segundo semestre. Para começar, a Casa vai ter que descascar um abacaxi daqueles bem azedos, que vai ser o orçamento do governo para 2012. Confúcio quer mais flexibilidade e pretende aplicar recursos do Estado em segmentos diversos. Vai ter trabalho para convencer os deputados estaduais e sem um bom chefe na Casa Civil, essa tarefa vai ser ainda mais espinhosa.
Interessante
É perceber que faltam pouco mais de três meses para acabar o ano (dezembro é um mês onde as coisas normalmente são empurradas para março do ano seguinte) e o governo ainda não se encontrou. Equipe mais desafinada que essa nunca andou por essas bandas, e olha que em governos anteriores já passou gente enrolada, mas esse está dando um show. E começou como um, quando em janeiro o governador reuniu a equipe em local isolado para “traçar estratégias” e “definir metas”. O que parecia ser o prenúncio de um bloco consolidado, culminou com um desfile de vaidades, picuinhas e apadrinhamentos.
Exemplo
Esse governo, que é cheio de “malditos CDS” conforme classificou o próprio Confúcio Moura, já contratou mais comissionados que Ivo Cassol. E olha que o italiano tinha gente na folha. E Confúcio vai ver seu governo ainda mais amarrado, já que os secretários não conseguem chegar a lugar nenhum. Falta autonomia, falta equipe, falta bom senso e sobra vaidade, arrogância e zelo com a coisa pública.
E a saúde?
Continua exatamente como estava no governo de Ivo Cassol, de José Bianco, de Valdir Raupp. Pacientes pelo chão, hospitais sujos, feios, mal equipados e funcionando graças ao trabalho incansável dos servidores da rede pública de Saúde, tanto médicos, quanto atendentes, enfermeiros e até os vigilantes, que quebram o galho como agentes de portaria. Enquanto isso, os mais de R$ 40 milhões foram para sabe-se lá onde.
Corporativos
E vem mais conta para a população de Rondônia pagar. O Governo do Estado vem estudando propostas para implantar cartões de Crédito corporativos em todas as secretarias. O que atualmente só existe na SEDUC passará a ser adotado nos demais órgãos. A desculpa é a “transparência”, mas na prática sabe-se bem que esses cartões servem para todos os tipos de gastos. Pior é que além disso, o governo ainda vai ter que pagar as operadoras de cartões.
Advinha
Quem anda conversando com as operadoras de cartões de Créditos? Aquele que não é irmão nem parente, mas é bem próximo.
Momento TV Rondônia
O Centro de Estudo Judaico Kol-Ivry, Coordenação de Rondônia, iniciará no próximo dia 10 nova turma de Hebraico Básico na cidade de Porto Velho encerrando as atividades do ano de 5771 (2011). As aulas acontecem as quartas e quintas das 19h30min as 21h30min por 3 semanas. O aluno matriculado recebe o livro texto: “AlefBeizando em Hebraico: Cartilha do Idioma Hebreu”, além de um Certificado emitido pelo Centro de Estudo Judaico Kol-Ivry. Maiores detalhes e confirmação pelo telefone (69)8122-2555 ou por curso5771@kolivry.org. Já o Nikkey Club de Porto Velho vai começar a ministrar aulas de japonês a partir do próximo dia 6, na sede da entidade, na Raimundo Cantuária. A matrícula custa R$ 20, mais R$ 30 da primeira apostila. A mensalidade custa R$ 50 e as aulas serão ministradas por uma professora vinda do Japão e professores assistentes qualificados. As turmas serão confirmadas dependendo do dia, nível e quantidade mínima de inscritos. Dúvidas e informações pelo pvh.nikkeyclub@gmail.com.
Sono e memórias
Um novo estudo parece confirmar algo de que pais exaustos já suspeitavam: a falta de sono, causada por interrupções frequentes, impede que o cérebro forme novas memórias. Apesar de tais resultados terem sido obtidos a partir de um estudo com camundongos, algumas mães que não conseguem dormir tanto quanto gostariam - entre elas a autora do estudo, Asya Rolls, da Universidade de Stanford - dizem que o resultado parece descrever também aquilo que ocorre com os humanos. A pesquisadora diz sofrer de um mal apelidado de "mãenésia", o torpor mental que se instala pouco após o parto e pode durar até que os pequeninos aprendam a dormir a noite toda. A descoberta não se aplica necessariamente aos seres humanos, mas Ron Szymusiak, neurobiólogo do sono da Universidade da Califórnia em Los Angeles, chama o estudo de "um elegantíssimo experimento" que se soma a um corpo cada vez maior de trabalhos científicos mostrando que a falta de sono prejudica nossa capacidade de pensar com clareza. Estudos mostraram que passar uma noite sem dormir pode prejudicar a capacidade de dirigir quase tanto quanto o consumo exagerado de bebidas alcoólicas.
Contatos
Contatos com a coluna podem ser feitos pelo alan.alex@gmail.com – painelpolitico@hotmail.com – www.painelpolitico.com - @painelpolitico – telefone9248-8911.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS