close
logorovivo2

Governo subsidia crédito a produtores rurais

Governo subsidia crédito a produtores rurais

DA REDAÇÃO

13 de Junho de 2012 às 17:47

Governo subsidia crédito a produtores rurais

FOTO: (Divulgação)

Produtores rurais de Porto Velho e arredores assinaram nesta quarta-feira (13), contratos com o Banco da Amazônia no valor de mais de R$ 1,6 milhão, com o subsidio do governo do Estado. Cada projeto, que pode chegar até R$ 50 mil, está isento de juros para o produtor, uma vez que o mesmo será pago pelo Estado.
 Os projetos liberados nesta quarta-feira somam R$ 1.620.608,71 e vão para 61 projetos do programa de agricultura familiar. Itapuã do Oeste, com 31 projetos, receberá R$ 808.898; Jaci Paraná, tem 19 projetos, cujo financeiro é de R$ 639.328; Candeias do Jamari, tem cinco projetos que somam R$ 99.998. O distrito de Calama também tem cinco projetos e o valor de R$ 50.913; e Joana Darc tem um projeto no valor de R$ 21.469.
A solenidade de assinatura dos contratos contou com a participação de mais de 100 produtores rurais, sindicato e federação dos trabalhadores rurais, representantes do Banco da Amazônia, Emater, Assembléia e o secretário chefe da Casa Civil. O representante dos Trabalhadores rurais, Luiz Pires destacou a importância do incentivo proporcionado aos pequenos produtores através do governo do Estado, dando a estes a oportunidade de pela primeira vez poderem acessar empréstimos sem arcar com os juros.
O superintendente do Basa, Valdecir Tozzi aconselhou aos produtores que invistam o valor do empréstimo no projeto, sem nenhum desvio, para que possam obter os objetivos esperados. Segundo ele, é importante que cada família siga a risca ao que se propôs, pois tal atitude vai assegurar os ganhos futuros. “É hora de aplicar bem os recursos”, destacou.
O secretário Juscelino Amaral, que representou o governador Confúcio Moura, enfatizou a idéia do governo de Rondônia em manter as famílias no campo. E que para isso o Estado está fazendo a sua parte apoiando e investindo na estrutura e que os resultados já podem ser observados, dando como exemplo o município de Itapuã do Oeste que há dois anos tinha a pior produção no Estado e agora tem 31 projetos, com mais de 800 mil reais de benefício.
Ainda neste mês serão assinados novos contratos que somam mais de doze milhões, referentes a 446 processos. Mas a expectativa é de que ainda neste semestre se alcance o somatório de 100 milhões de reais, com isenção de juros para os pequenos produtores.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS