close
logorovivo2

GOVERNO SEM PALAVRA – Escola de Samba anuncia cancelamento de enredo que homenagearia Rondônia

O anúncio oficial de cancelamento do enredo da Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi que seria “Rondônia das trevas a luz” foi feito há cerca de 20 dias em uma pagina de rede social, onde membros da agremiação paulista lançaram também o novo tema para o

DA REDAÇÃO

20 de Julho de 2012 às 16:08

GOVERNO SEM PALAVRA – Escola de Samba anuncia cancelamento de enredo que homenagearia Rondônia

FOTO: (Divulgação)

O anúncio oficial de cancelamento do enredo da Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi que seria “Rondônia das trevas a luz” foi feito há cerca de 20 dias em uma pagina de rede social, onde membros da agremiação paulista lançaram também o novo tema para o carnaval 2013, sendo este: "Mazzaropi - o adorável caipira, 100 anos de alegria!".

Em contato via telefone com o diretor secretario da escola de samba, Carlos Forte, o popular “Carlinhos”, a reportagem foi informada que o cancelamento do enredo ocorreu devido a agremiação não ter garantias financeiras por parte de representantes do Governo de Rondônia, onde no princípio de que a escola homenagearia o Estado foi acertado um acordo onde o estado ou seus representantes passariam para a escola uma verba de R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais).

No passar dos meses, membros da diretoria da escola não obtendo respostas satisfatórias do Governo e da Prefeitura de Porto Velho sobre o recurso, passaram a temer um possível calote bem próximo do carnaval e resolveram por um ponto final no sonho do Estado em ser homenageado.

“Carlinhos” deixou claro que o recurso anunciado que era de R$ 1.600.000,00 foi diminuindo até chegar ao valor de R$ 400.000, 00 (quatrocentos mil reais), sendo que esta não seria nem de longe o investimento suficiente para por a escola na passarela do carnaval.

“Fica difícil trabalhar desta forma, mandamos um documento para selar o acordo financeiro com o governo e não foi respondido, tudo com eles (Governo) era somente verbal não tínhamos nenhuma garantia, além disso, o valor ia só baixando. Fazemos carnaval dentro de um cronograma rigoroso e não podemos ficar esperando”, ressaltou Carlinhos.

O presidente da agremiação o senhor Hussein Abdo Elselam (Sr. Jamil) juntamente com o carnavalesco e um captador de recursos vieram até a capital rondoniense, fizeram várias visitas e conheceram um pouco da história do Estado para poder relatar no enredo da escola. As visitas acabaram tornando prejuízos devido ao fato da desistência da escola.

De acordo ainda com “Carlinhos” uma modelo e apresentadora de TV de Porto Velho chegou a ir à São Paulo junto com um assessor do Governo de Rondônia e representaram o Estado em um encontro com a diretoria da Escola.

Em 1997 Rondônia foi homenageada pela escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, do Rio de Janeiro, com o tema “Madeira Mamoré A Volta Dos Que Não Foram, Lá No Guaporé”, onde o Estado na época liberou recursos na ordem de cerca de R$ 2.000.000,00  (dois milhões).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS