close
logorovivo2

DENÚNCIA - Presidente da ALE-RO apresenta documentos comprometedores que envolve Governo em mais um escândalo - CONFIRA CHEQUES

De acordo com Hermínio, as cópias de cheques são da empresa MULTI MARGEM e que comprovariam que ocorria um esquema de corrupção que bate diretamente no próprio Governador Confúcio Moura.

DA REDAÇÃO

24 de Novembro de 2012 às 15:01

DENÚNCIA - Presidente da ALE-RO apresenta documentos comprometedores que envolve Governo em mais um escândalo - CONFIRA CHEQUES

FOTO: (Divulgação)

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE-RO), deputado Hermínio Coelho, reuniu a imprensa no início da tarde desde sábado (24) para apresentar provas (cópias de cheques), sobre supostos envolvimentos de familiares - a primeira dama do Estado , médica Maria Alice Moura, o cunhado do chefe do Poder Executivo estadual, Francisco de Assis Ramos, casado com Cláudia Moura, secretária de Ação Social. Todos envolvidos num suposto esquema de corrupção.

 De acordo com Hermínio, as cópias de cheques são da empresa MULTI MARGEM e que comprovariam que ocorria um esquema de corrupção que beneficiaria o próprio Governador Confúcio Moura .A empresa que era comandada pela esposa do ex-secretario adjunto de saúde, José Batista, que foi preso na operação Termópilas, repassou durante nove meses consecutivos, R$ 1 milhão 350 mil em propina a Francisco de Assis.

Consta da denúncia do presidente da ALE-RO que a empresa MULTI MARGEM, que gerenciava descontos consignados de servidores públicos repassava uma parte do faturamento para um esquema de propina dentro do "Governo da Cooperação". A empresa faturava liquido cerca de 300 mil reais e repassava mensalmente R$ 150 mil para Confúcio e família, através de Francisco de Assis Oliveira, o conhecido cunhado do governador.

Hermínio disse que irá propor a abertura da CPI do Consignado, para que possa ser apurado quem sacou os cheques na boca do caixa e em quais conta foram depositados. Para tanto deve ser pedida a quebra do sigilo bancário dos envolvidos. CONFIRA FAC-SIMILES DE CHQUES E DENÚNCIA

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS