close
logorovivo2

Governo do Estado inicia recuperação da Rua da Beira em Porto Velho

Governo do Estado inicia recuperação da Rua da Beira em Porto Velho

DA REDAÇÃO

18 de Dezembro de 2012 às 17:28

Governo do Estado inicia recuperação da Rua da Beira em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (18), o Governo de Rondônia, através do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), iniciou a recuperação da Rua da Beira, na marginal da BR-364 em Porto Velho.

Os trabalhos foram iniciados no ponto mais crítico, entre a rua Xeréu (do Cemetron) e a avenida Jatuarana, na margem esquerda, sentido Porto Velho/Ariquemes. No local os buracos são métricos e, em alguns trechos, praticamente os carros não passam.
O diretor-geral do DER, engenheiro Lucio Mosquini, explica que o Departamento trabalha em parceria com a Secretaria Municipal de Obras (Semob). Mosquini destaca que o serviço é emergencial, haja vista que o período de chuvas não tem permitido uma ação permanente.
Para a execução do serviço, conforme o diretor, o DER destinou 21 máquinas, equipamentos e veículos de apoio, além dos servidores. O engenheiro frisa que o tráfego de veículos foi liberado parcialmente nos viadutos na BR-364 em Porto Velho, porém, parte das marginais (Rua da Beira) está praticamente intransitável.
“Por causa das más condições da Rua da Beira, o prefeito Emerson Castro solicitou apoio do governo estadual e de imediato obteve o aval do governador Confúcio Moura”, afirma o diretor. 
Fazendo cumprir o papel de Governo da Cooperação, o governador Confúcio Moura sempre colocou o Estado à disposição dos municípios e da capital. “Com freqüência temos prestado apoio ao município de Porto Velho. Já assumimos a recuperação de mais de mil quilômetros de estradas nos distritos da Ponta do Abunã e de União Bandeirantes. Agora, o apoio e na área dos viadutos”, salienta Mosquini
O secretário da Semob, Wellem Antônio Prestes Campos, e o adjunto, João Nogueira, acompanham os trabalhos de recuperação da Rua da Beira. Eles explicam que a primeira etapa dos trabalhos contempla a retirada da lama; o patrolamento; o aterro com cascalho e brita; e a compactação com rolo.
Neste momento, segundo a Semob, não será possível fazer a capa asfáltica, devido o período de chuvas. “A estrada ficará trafegável e sem problemas”, garante Nogueira.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS