close
logorovivo2

PAINEL POLÍTICO - José Bianco poderá assumir a Casa Civil do governo Confúcio - Por Alan Alex

Atual secretário Chefe da Casa Civil foi para Goiânia, por 9 dias recebendo diárias, para "visitar e participar de reuniões no Congresso Nacional" que por acaso está de recesso desde dezembro.

DA REDAÇÃO

28 de Janeiro de 2013 às 14:23

PAINEL POLÍTICO - José Bianco poderá assumir a Casa Civil do governo Confúcio - Por Alan Alex

FOTO: (Divulgação)

Goiânia

 

A capital do Estado de Goiás, Goiânia fica distante cerca de 200 quilômetros de Brasília, Capital Federal, onde fica o Congresso Nacional cujo recesso (que ainda está) teve início em 22 de dezembro de 2012. Goiânia também é a cidade escolhida pelo atual Chefe da Casa Civil, Marco Antônio de Faria para investimentos em imóveis. Ele possui na capital goiana nada menos que 58 apartamentos em condomínios diversos. Até aí nada demais, afinal, Marco Antônio é um bem sucedido empresário do ramo educacional. Mas o que tem a ver o Congresso Nacional com isso?

 

Então

 

De acordo com o Diário Oficial do Estado de Rondônia, do dia 22 de janeiro deste ano, o Governador do Estado de Rondônia, no uso de suas atribuições legais, autorizou a viagem de Marco Antônio de Faria, secretário Chefe da Casa Civil a cidade de Goiânia, no período de 11 a 20 de janeiro de 2013 “a fim de visitar e participar de reuniões de trabalho no Congresso Nacional (Camara dos Deputados e Senado Federal) com ônus para o Estado de Rondônia”. Ou seja, ficou nove dias em Goiânia, onde NÃO fica o Congresso recebendo diárias. Vale relembrar que o Congresso Nacional, durante o recesso, parece o deserto de Mojave.

 

E vem mudanças

 

O ex-prefeito de Ji-Paraná José de Abreu Bianco pode vir a ser o novo Chefe da Casa Civil. Confúcio andou expressando sua vontade com pessoas próximas, mas existem alguns pequenos empecilhos que precisam ser resolvidos. Foi de Bianco a indicação de José Batista, preso na Operação Termópilas, apesar do próprio Bianco negar isso. O ex-prefeito de Ji-Paraná também não descarta a possibilidade de ser candidato ao governo nas próximas eleições.

 

Testemunha

 

O Ministério Público havia pedido a prisão do ex-presidente da EMDUR Mário Sérgio Teixeira, mas foi feito um acerto para que Mário figure como testemunha no processo e não como réu. A EMDUR foi alvo de uma série de denúncias que culminaram em uma CPI da Câmara de Vereadores e investigações por parte do Ministério Público, que continuam. O ex-prefeito e quase “ex-petista” Roberto Sobrinho tenta se livrar de qualquer tipo de acusação e na reta final de seu mandato jogou a culpa de todos os malfeitos sobre Mário Sérgio. É esperar, mas acho que muita coisa ainda vai aparecer nas próximas semanas, afinal, o ano ainda nem começou de fato.

 

No ventilador

 

O advogado e fundador do Partido dos Trabalhadores em Rondônia, Ernande Segismundo resolveu, em artigo divulgado no fim de semana, fazer um longo desabafo sobre a atual situação da legenda, que caiu em desgraça com o envolvimento de Epifânia Barbosa na Operação Termópilas e o fiasco constrangedor da gestão Roberto Sobrinho à frente da prefeitura de Porto Velho. Segismundo acusou diretamente o atual presidente municipal do PT, Tácito Pereira de estar tentando proteger Roberto, quando a maioria dos petistas quer sua expulsão imediata.

 

Sobrevivência

 

Roberto Sobrinho não consegue aceitar que sua administração foi horrorosa. Em sua cabeça, ele acredita ter sido de longe o melhor prefeito que esta cidade já teve. É claro que para convencer alguém, é preciso acreditar na própria versão, só que nesse caso, Roberto não convence mais ninguém. E o acobertamento de Tácito tem um motivo doméstico, Mirian Saldaña, a ex-chefe de gabinete que passou Natal e Ano Novo atrás das grades era sua esposa. Apesar de viverem separados, eles mantêm uma relação bem próxima, o que explica seu “excesso de zelo” com as lambanças da prefeitura.

 

Além disso

 

Mirian aguentou a pressão e não entregou Roberto, assumindo toda a responsabilidade pelos malfeitos da gestão petista. Resta saber se esse apoio foi apenas na base da amizade, da pressão ou se tem dinheiro na história. De qualquer forma, até mesmo a situação de Tácito está ficando insustentável. Ele já foi aconselhado a renunciar enquanto tramita internamente o processo contra Sobrinho e os demais enrolados.

 

Registro

 

Faleceu em Teresina (PI) na madrugada de domingo o jornalista turismólogo e administrador José de Anchieta Santos Correia. Ele foi Membro da Abrajet, aluno da primeira turma de Administração da Faculdade São Lucas, Mestre pela Unir e exerceu função na SETUR. Ele também é pai da advogada Flora Castelo Branco.

 

Luto

 

E a imprensa rondoniense também perdeu na semana passada o jornalista Sued Pinheiro, vítima de infarto fulminante em sua residência durante a madrugada de sexta-feira. Sued tinha 51 anos, era editor do jornal Alto Madeira e figura querida entre a imprensa. Polêmico, mantinha sua opinião sobre questões diversas. Natural do Rio de Janeiro veio para Rondônia a convite de Paulo Silva, do grupo Ameron. Agora vai debater com o saudoso Paulo Queiroz e azucrinar a paciência de Odair Cordeiro e tomar uma caipirinha com Manelão.

 

Simples

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou improcedente Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4033) proposta pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) contra o dispositivo da Lei Complementar 123/2006, que isentou das contribuições sociais - especialmente a contribuição sindical patronal - as microempresas e empresas de pequeno porte optantes pelo Simples Nacional (Supersimples). A matéria começou a ser julgada em outubro de 2008, quando o relator, ministro Joaquim Barbosa, votou no sentido da improcedência da ação. Acontece que essa decisão não vem sendo cumprida. Para maiores informações sobre o assunto, procure o Sindicato das Micro e Pequenas Empresas de Rondônia – SIMPI.

 

Mal necessário

 

É consternador ter que escrever essa nota, mas infelizmente é a realidade do Brasil. Por aqui as autoridades só tomam providências após tragédias, muitas anunciadas, ocorrerem. A fiscalização em casas noturnas é falha, alguns ambientes são verdadeiras ratoeiras, com apenas uma porta de entrada e saída, cercadas de adornos e equipamentos altamente inflamáveis. As instalações elétricas são verdadeiras gambiarras e assim mesmo operam sem qualquer problema. Foi ncessário que mais de 230 jovens perdessem a vida de forma absurda, asfixiados em uma câmara de gás que se tornou a boate Kiss, em Santa Maria (RS), para que todo o país, de leste a oeste, de norte a sul, adotasse medidas de fiscalização para evitar novas tragédias.

 

Por aqui

 

O Corpo de Bombeiros inicia a partir desta terça-feira, uma intensa fiscalização em todas as casas noturnas do Estado. Quem não atender os níveis de segurança, vai fechar. Espero, sinceramente que essa medida seja perene. Infelizmente nunca é. Alguém lembra que no passado recente o País ficou chocado com as condições em que se encontravam os parques de diversões? Pois bem, eles continuam exatamente como estavam, caindo aos pedaços.

 

Pior

 

É saber que, apesar de toda a comoção, os responsáveis pela tragédia devem ficar soltos. A legislação brasileira é branda. No caso da boate Kiss, os proprietários devem responder por lesão corporal grave. Eu só queria saber onde estava a cabeça do sujeito que achou uma boa ideia disparar um sinalizador dentro de um ambiente fechado. É mais ou menos como soltar um foguete daqueles usados em festas juninas, de 12 tiros, dentro da sala de sua casa. É evidente que a coisa não vai dar certo.

 

Reputação ilibada

 

Candidato pode ser desclassificado de concurso público se apurados fatos que desabonam sua conduta moral e social, não ficando restrita a análise aos antecedentes criminais. A decisão é da 6ª turma do STJ ao julgar um Mandado de Segurança interposto por um candidato ao cargo de policial militar em Rondônia. Ele admitiu no formulário de ingresso no curso que já havia usado maconha e se envolvido em briga e por isso teria cumprido com trabalho comunitário. O processo informa ainda que ele teria mau relacionamento com vizinhos e estaria constantemente em companhia de pessoas de má índole e teria mentido no formulário de ingresso, ao dizer que tinha trabalhado em empresa pública. Por fim, o mesmo candidato disse estar sofrendo “perseguição política” devido ao fato de seu pai ser “jornalista e falar mal do governo”. A íntegra do Acórdão você pode ler AQUI.

 

Resumindo

 

O que se extrai desse entendimento é que não basta apresentar certidões, de fato para ingressar no serviço público é preciso ser uma pessoa “do bem”. Mas, se o Superior Tribunal de Justiça exige isso, como alguns conseguem ocupar cargos importantes? Não vamos entrar em detalhes, mas basta dar uma olhadinha do Google sobre pessoas com reputação nada ilibada que ocupam cargos estratégicos. Bom o senhor olhar também governador, afinal, não querendo ser chato, no início de sua gestão PAINEL POLÍTICO explicou isso, mas o senhor preferiu “pedir certidões”.

 

Fale conosco

 

Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3225-9979 / 9209-0887, ou ainda pelo e-mail alan.alex@gmail.com. No Facebook/painel.politico, no Twitter/painelpolitico ou ainda no www.painelpolitico.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Abunã, 1345, Olaria, Porto Velho – RO aos cuidados de Alan Alex.

 

Ronco pode causar mais ataque cardíaco que fumo ou obesidade

 

Pessoas que roncam podem estar em maior risco de ataque cardíaco e derrame que os fumantes, obesos ou com colesterol alto. Cerca de 40% dos homens e 24% das mulherem roncam. Uma pesquisa surpreendente revelou que aqueles que roncam têm mais probabilidade de desenvolver um espessamento ou anormalidades na artéria carótida que alimenta o cérebro. Esta condição é anterior ao endurecimento das artérias, o que leva a ataques cardíacos e hemorragias cerebrais. — Pacientes que roncam precisam de tratamento da mesma maneira que os que têm apneia, pressão alta ou outros riscos cardiovasculares — diz o coordenador do estudo, Robert Deeb, do Hospital Henry Ford, em Detroit, nos EUA. A pesquisa, apresentada em um recente encontro no Arizona, mostra que a pulsação do ronco provavelmente causa traumas e inflamações na artéria carótida. Para o estudo, Deeb acompanhou 54 pessoas entre 18 e 50 anos, nenhum com apneia do sono. Todos preencheram um questionário sobre o ronco e tiveram um ultrassom medindo o espessamento da carótida.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS