close
logorovivo2

Presidente da Assfapom promete grande manifestação caso governo revogue lei de promoção de PM’s

Presidente da Assfapom promete grande manifestação caso governo revogue lei de promoção de PM’s

DA REDAÇÃO

27 de Fevereiro de 2013 às 16:11

Presidente da Assfapom promete  grande  manifestação caso governo revogue lei de promoção de PM’s

FOTO: (Divulgação)

“Uma falta de respeito a uma categoria que trabalha para proteger a comunidade”, assim definiu Jesuíno Boabaid, presidente da ASSFAPOM, sobre os fortes rumores de que o Secretário Estadual de Segurança, Marcelo Bessa estaria articulando pelos bastidores do governo a retirada da lei de Promoção por Tempo de Serviço dos policiais militares de Rondônia, o Projeto de Lei 2687 de 15 de março de 2012.

De acordo com informações, Marcelo Bessa estaria alegando inconstitucionalidade na lei, fato no mínimo curioso já que a Polícia Civil de Rondônia recentemente realizou uma greve onde ao final conquistou o mesmo direito.Para Jesuíno Boabaid, revogar esse projeto é “andar para trás”, pois essa lei garante um direito maior aos PM’s que por anos à fio dedicam suas vidas em prol do trabalho de defesa da sociedade.

“Não podemos aceitar que direitos conquistados pela categoria sejam jogados no lixo dessa forma, essa lei é mais que uma gratificação ou  um posto, é o reconhecimento de homens que exercem um papel fundamental na sociedade, por isso não podemos ficar de braços cruzados vendo esse tipo de desmando ser engendrado para prejudicar os policiais militares de Rondônia”, disse Jesuíno Boabaid.

Liderança de uma das entidades de classe que representa um enorme número de policiais e bombeiros militares, Jesuíno Boabaid afirmou que caso a revogação dessa lei seja ao menos cogitada, uma grande manifestação exige respeito aos policiais militares será realizada em Porto Velho, e assim como a manifestação realizada na última semana, calçadas de órgãos públicos seriam lavadas.

Apoiando a categoria dos policiais militares do estado de Rondônia, a comunidade do bairro Nacional, setor de Porto Velho, carente em segurança pública, já garantiu que irá em peso participar de qualquer manifestação que defenda os direitos da Polícia Militar do estado de Rondônia.O líder comunitário Samuel Costa afirmou que a ASSFAPOM terá o apoio necessário para se fazer a lei garantida aos PM’s. “Sou ex-aluno da Polícia Militar e conheço de perto as necessidades que a categoria passa, assim como fizemos junto com a ASSFAPOM no Palácio do Governo, estamos dispostos a lavarmos as calçadas de qualquer entidade que demonstre desrespeito a sociedade”, falou Samuel Costa.

Jesuíno Bobaid e Samuel Costa articularam a última manifestação pedindo probidade no Governo de Rondônia que culminou com a lavagem da escadaria do palácio Getúlio Vargas.“Vamos sim realizar uma grande manifestação, pois não aceitaremos calado um despautério desses. Vamos protestar em frente a SESDEC e exigir que o secretário respeite os PM’s de Rondônia e honre com a palavra do executivo” , concluiu Jesuíno Boabaid.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS