close
logorovivo2

Quinta-feira é prazo final para negociação entre Governo e Sindsaúde e evitar greve

Quinta-feira é prazo final para negociação entre Governo e Sindsaúde e evitar greve

DA REDAÇÃO

4 de Junho de 2013 às 15:29

Quinta-feira é prazo final para negociação entre Governo e Sindsaúde e evitar greve

FOTO: (Divulgação)

Termina nesta quinta-feira 06 o prazo acordado entre o Sindicato da Saúde (Sindsaúde) e o Governo do Estado para a negociação da pauta de reivindicação da categoria em 2013. A pauta de reivindicação contém nove itens e vários deles estão sem solução desde a época do Governo Bianco.

Na reunião da semana passada, os dirigentes sindicais deixaram claro ao Chefe da Casa Civil do Governo de Rondônia, que caso as negociações não avancem, a categoria se reúne em assembleia geral para decidir sobre a greve por tempo indeterminado. 

O presidente do Sindsaúde, Caio Marin, disse que aguarda com certa expectativa por um desfecho positivo nas negociações, e que o Governo não tem demonstrado muito interesse em resolver a questão. “O Estado hoje é vítima de uma crise que ele mesmo criou”, avaliou. 

REIVINDICAÇÃO 

Caio avaliou que nem todos os nove pontos da pauta de negociação com o Executivo estadual tem impactos financeiros como é a questão da nomeação da comissão de revisão do PCCR e apreciação da minuta do PCCR e envio para votação na Assembleia Legislativa e convocação de remanescentes dos demitidos do Governo Bianco. Segundo ele, a questão do PCCR se arrasta há mais de uma década e o Executivo estadual tem sistematicamente se omitido em resolver a situação, a exemplo do que acontece também com a convocação dos 201 servidores demitidos do Governo Bianco, em 2000. 

Ele lembra ainda que no ano passado a greve da saúde foi suspenso através de um acordo judicial que nunca foi cumprido pelo Estado. As reivindicações mais urgentes que da pauta são quatro: a nomeação da comissão da revisão do PCCR e envio da Mensagem para aprovação na Assembleia Legislativa em até 60 dias; Atualização da progressão funcional dos servidores e o pagamento do retroativo a agosto do ano passado dessas progressões e regularização imediata da insalubridade de todos os servidores que não a recebem. 

Não menos importantes estão as seguintes reivindicações: Aumento do Auxílio Saúde para R$ 250; Implantação do Auxílio-Alimentação; e Parecer da PGE com relação à insalubridade e licença prêmio dos ex-demitidos do Governo Bianco. A reunião está marcada para acontecer as 10 horas, de quinta-feira, no Gabinete da Casa Civil do Governo de Rondônia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS