close
logorovivo2

APOCALIPSE - Hermínio Coelho quer que Polícia Federal entre no caso

APOCALIPSE - Hermínio Coelho quer que Polícia Federal entre no caso

DA REDAÇÃO

10 de Julho de 2013 às 10:58

APOCALIPSE - Hermínio Coelho quer que Polícia Federal entre no caso

FOTO: (Divulgação)

O deputado Hermínio Coelho (PSD) quer que a Polícia Federal entre imediatamente nas investigações, principalmente para aprofundar de forma técnica, responsável e imparcial, o envolvimento de políticos com o narcotráfico. Ele defendeu também a imediata prisão do assessor especial do Governo Confúcio Moura, Lindomar Garçon por seu envolvimento, claro, explícito e contundente, conforme demonstrado no relatório da Polícia Civil no desenrolar da Operação Apocalipse.

De acordo com o deputado Hermínio Coelho, a Operação Apocalipse prendeu algumas pessoas, apenas como base no argumento de possível envolvimento com o narcotráfico, mas deixou do lado de fora, do rol daqueles que tiveram suas prisões decretadas, o ex-deputado federal e atual assessor especial do governador Confúcio Moura.

“Este fato só demonstra mais uma vez as atrapalhadas da Operação Apocalipse, numa ação que poderia entrar para a história de Rondônia, se não tivesse sido redimensionada para atingir desafetos políticos, declarou o deputado. E prosseguiu: “não entendo como uma pessoa que foi comprovadamente demonstrada seu envolvimento com o narcotráfico, tenha ficado de fora da lista de presos, enquanto inocentes foram para a cadeia”.

O deputado Hermínio Coelho também lamentou hoje a prisão de um pobre agricultor cearense, preso por engano, atendendo requisição do Grupo de Combate ao Crime Organizado – GCCO da Polícia Civil de Rondônia. Disse ainda que existem infelizmente no meio de bandidos já presos, alguns trabalhadores inocentes.

Ainda de acordo com o deputado, os organismos de Segurança Pública diante de tantas lambanças, vem tentando consertar alguma coisa desta operação através de nota, e mais uma vez comentem erros. “Nenhum membro do staf da presidência da Assembleia Legislativa foi preso na Operação Apocalipse. Quanto o que fazem assessores nomeados na Assembleia Legislativa em suas vidas privadas, cada um assume pelo que faz, cada um tem seu CPF, sou apenas presidente e não dono destas pessoas. Eles não precisam de mim para contrair empréstimo,  fazerem compras e não tenho como impedir que eles venham a ter relacionamentos com o crime. Agora se houver denúncia, imediatamente tomo as providências”, ponderou.  

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS