close
logorovivo2

CANDEIAS DO JAMARI - Sevic prende homem que matou irmãos durante briga

CANDEIAS DO JAMARI - Sevic prende homem que matou irmãos durante briga

DA REDAÇÃO

17 de Dezembro de 2013 às 09:08

CANDEIAS DO JAMARI - Sevic prende homem que matou irmãos durante briga

FOTO: (Divulgação)

Demonstrando um excelente trabalho, os agentes do SEVIC (Serviço Velado de Investigação e Captura) prenderam José Elias de Oliveira, 29 anos. Ele é acusado de ter executado dois irmãos em um bar. Clique Aqui e relembre o caso.

O crime ocorreu no sábado (14), em um bar localizado na Linha 651 km 10, no município de Candeias do Jamari. Francisco Marinho de Menezes, 50 anos e seu irmão José Pereira de Menezes, 46 anos foram executados à tiros, durante uma briga.

Segundo informações, o Policial Civil aposentado, Genefran, é um  conhecido comprador de gado na região e, devia R$ 3.040,00 (três mil e quarenta reais) para um homem identificado como Francisco Marinho de Menezes, 50 anos. Na sexta-feira (13), Genefran ligou para Francisco e ambos acertaram de se encontrar em um bar no dia seguinte, para liquidarem a dívida.

Na hora do realizar a contagem do dinheiro, Francisco observou que havia apenas R$ 3 mil reais, ou seja, faltavam R$ 40 reais. Iniciou-se então uma discussão e no calor do momento, Francisco, seu irmão José e Genefran, entraram em luta corporal. Os dois amigos de Genefran saíram do caminhão e foram para a briga, que resultou na morte de Francisco e José.

Após tomar ciência dos fatos, os Policiais Civis de Candeias deram inicio as investigações e em tempo hábil, obtiveram êxito em prender José Elias. Ele foi preso na linha 643, distante cerca de 30 km de onde cometeu o crime. Os policiais abordaram o rapaz enquanto ele pilotava uma motocicleta, levando consigo sua esposa e uma filha pequena.

De pronto, ele confessou a autoria do crime e levou os agentes até sua residência. No local, os policiais encontraram a arma utilizada nas execuções, um revólver calibre 38, pertencente ao acervo da Policia Civil. O caminhão usado no transporte dos envolvidos também estava na propriedade e nele, foi encontrada uma escopeta calibre 12.

Elias alegou legítima defesa, tendo em vista ter tentado separar a briga entre os irmãos Francisco e José com seu amigo Genefran.  Elias disse que atirou apenas para se defender, tendo em vista Francisco e José terem tentado lhe agredir.

Diante dos fatos, o acusado recebeu voz de prisão e encaminhado para a Delegacia de Candeias do Jamari, de onde posteriormente irá para um presídio em Porto Velho.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS