close

Governo assume atendimento de alta complexidade em Cacoal

Governo assume atendimento de alta complexidade em Cacoal

DA REDAÇÃO

12 de Fevereiro de 2015 às 15:28

Governo assume atendimento de alta complexidade em  Cacoal

FOTO: (Divulgação)

O governo de Rondônia assumirá o Pronto-Socorro Municipal de Cacoal. “Estamos aqui no processo de encaminhamento para assumirmos o pronto-socorro, a urgência, emergência e alta complexidade da cidade de Cacoal e região. Como é um serviço diferenciado, nos reunimos para traçar este novo compromisso que nós temos com a cidade de Cacoal e com o centro do estado de Rondônia”, ressaltou o governador, na terça-feira (11), em Cacoal.

De acordo com Confúcio Moura, de forma definitiva, a partir de março o governo de Rondônia estará trabalhando este novo modelo de saúde na cidade de Cacoal. “Este novo modelo vai melhorar e muito no decorrer deste ano. Estamos no processo inicial e depois de seis meses será visível a melhora no atendimento de alta complexidade aqui no município de Cacoal”,  declarou o governador.

Acompanhando Confúcio Moura, estiveram presentes na reunião, em Cacoal, o secretário de estado da saúde Williames Pimentel e seu adjunto, Luis Maiorquin, o diretor do Hospital Regional de Cacoal, Marco Aurélio Vasques, o secretário regional de governo, Carlos Prado. Em busca do diálogo, além da equipe de governo, Confúcio Moura abriu espaço para ouvir o prefeito de Cacoal, Francesco Vialetto, e o presidente da Associação Assistencial São Daniel Comboni (Assdaco), Claudemir Borghi.

Segundo o secretário Williames Pimentel, durante a reunião foram discutidas as ações que estão sendo tomadas pelo governo. “Viemos discutir, em uma reunião de trabalho prolongada, as ações e os processos para assumirmos o Pronto-Atendimento 24 horas, a Unidade Mista, que acontece agora nos primeiros dias de março. Isso envolve uma série de estrutura, uma série de organização de serviços e tomadas de decisões”.

De acordo com o secretário, foram feitos ajustes  para que o governo possa iniciar o processo em março, cumprindo o pedido do Ministério Público e o acordo homologado pela juíza da comarca de Cacoal.

“As ações são complexas. Estamos tomando todas as medidas e a partir do próximo dia 19, deverá vir de Porto Velho uma equipe de 10 pessoas, que ficará aqui em Cacoal até a transferência final da Unidade Mista para o São Daniel Comboni, onde passará a ficar exercida, definitivamente, o Pronto-Socorro da cidade de Cacoal, sob o comando do governo do Estado”.

A equipe estará sob o comando do secretário adjunto de saúde de Rondônia, Luis Maiorquin. A equipe terá como missão coordenar a sistemática que o governo, através da Secretaria de Saúde (Sesau), vai adotar para o novo Pronto-Socorro de Cacoal.

“Já adotamos a estratégia de retaguarda do Hospital Regional para os hospitais municipais. Nós vamos fortalecer a cirurgia geral, a ortopedia, o trauma e o politrauma e também a neurocirurgia. Isso dentro do pronto-socorro, dentro da estrutura do São Daniel Comboni, que será reorganizada por nós. Essa ação vai funcionar em harmonia com o Hospital Regional e com a prefeitura”, concluiu Pimentel.

HOSPITAL REGIONAL

Em relação às novidades do Hospital Regional de Cacoal, o diretor Marco Aurélio Vasques abordou a abertura da UTI Pediátrica. Atualmente em Rondônia, apenas o hospital Cosme e Damião, em Porto Velho, conta com UTI Pediátrica. Outra novidade é a ampliação do programa de residência médica.

“A saúde estadual está passando por um momento histórico. No mês de março o Hospital Regional de Cacoal abrirá a UTI Pediátrica e com isso passaremos a oferecer mais 10 leitos de UTI, dobrando o número de leitos de UTI Pediátrica no estado de Rondônia. Também iniciamos o projeto de ampliação dos programas de residência médica e de residência profissional em saúde para abrirmos residência em intensivismo, em urgência e emergência para várias profissões da saúde”, destacou Vasques.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS