close

Ministério da Saúde reconhece Hospital de Base Ary Pinheiro como Hospital Escola

Ministério da Saúde reconhece Hospital de Base Ary Pinheiro como Hospital Escola

DA REDAÇÃO

17 de Abril de 2015 às 14:21

Ministério da Saúde reconhece Hospital de Base Ary Pinheiro como Hospital Escola

FOTO: (Divulgação)

O Hospital de Base Ary Pinheiro, em Porto Velho, forma cerca de 300 médicos por ano. Nesta quinta-feira (15) o secretário de Saúde, Williames

Pimentel, esteve reunido com técnicos do Ministério da Saúde para agendar uma visita da equipe a Rondônia, no intuito de entregar o certificado de Hospital Escola à unidade, além da liberação de mais recursos para o custeio do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.

Durante a reunião, ficou acertada, também, a certificação do centro obstétrico do Hospital de Base – referência em Rondônia no atendimento de alta complexidade – como integrante da rede nacional de unidades hospitalares que adotam, conforme determinação a Organização Mundial de Saúde (OMS), o parto humanizado e o Método Canguru –  modelo de assistência voltado para a melhoria da qualidade do cuidado ao bebê prematuro.

Pimentel anunciou ainda a liberação de recursos para ampliar o número de atendimentos de urgência e emergência no pronto-socorro do Hospital Regional de Cacoal, e a manutenção de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender a área de pediatria no município.

AVALIAÇÃO

De acordo com Williames Pimentel, que foi acompanhado pela deputada federal Marinha Raupp, o Ministério da Saúde (MS) avaliou positivamente os avanços que a saúde pública vem obtendo no estado. Isto, na análise do secretário, mantém o bom conceito junto ao MS, além de manter a parceria com o governo federal.

Ele adiantou que todos os recursos pleiteados pelo governo de Rondônia junto ao MS para este ano são para custeio. No orçamento de 2015 do estado estão apenas obras já em andamento como os hospitais de Seringueiras, Guajará-Mirim, Ariquemes, além do Hospital de Urgência e Emergência (Heuro), que está sendo construindo em Porto Velho, e irá “aposentar” o João Paulo II.

Todas essas obras têm parceria do governo federal, além do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), relata Pimentel.

APROVADO

O coordenador-geral do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle da SAS, Josafá dos Santos, aprovou o programa implantado pelo governo de Rondônia para o setor de Saúde. Josafá disse que o Estado vem se destacando em nível nacional no cumprimento das metas estabelecidas junto ao Ministério da Saúde.

Para ele, a conduta do atual governo em relação às políticas públicas de Saúde credencia o estado a se manter parceiro do governo federal. Josafá provavelmente vira à Rondônia inaugurar os leitos de UTI do setor de pediatria do Hospital Regional de Cacoal.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS