close

Governo entrega Cartão Mais Calcário para fortalecer a agricultura

Governo entrega Cartão Mais Calcário para fortalecer a agricultura

DA REDAÇÃO

21 de Setembro de 2015 às 16:11

Governo entrega Cartão Mais Calcário para fortalecer a agricultura

FOTO: (Divulgação)

O primeiro dia especial de diversificação da propriedade rural foi realizado na quinta-feira (17), pela Secretaria de Estado da Agricultura, pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), na propriedade da família Eggert, na Linha 65, km 25, no município de Alta Floresta do Oeste, cidade localizada cerca de 570 quilômetros.

Durante a solenidade de abertura, que contou com a presença do secretário Evandro Padovani, e o diretor presidente da Emater, Luiz Gomes Furtado, os produtores rurais acompanharam a entrega de Cadastro Ambiental Rural (CAR) e títulos rurais a produtores, além do cartão Mais Calcário ao município.

Este cartão garante ao município mil toneladas de calcário, doada pelo governo. Essa quantidade possibilita o atendimento a 400 produtores da agricultura familiar, recuperando um hectare da propriedade de cada um. O programa é uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de atender a mais de 20 mil produtores rurais da agricultura familiar, neste ano, recuperando 20.800 hectares em todo o Estado.

Segundo o secretário Padovani, a diversidade da propriedade pequena é a saída para o produtor rural ter renda e fixar a família no campo. “A propriedade do senhor Ademar Eggert é um exemplo. Ele trabalha com café, banana, peixe e o leite, que é processado na agroindústria familiar e transformado em iogurte para entrar no PAA [Programa de Aquisição de Alimentos] e no Pnae [Programa Nacional de Alimentação Escolar]. O mais importante disso tudo, é que consegue manter toda a família unida e produzindo”, apontou.

O calcário é fundamental para a recuperação de áreas degradas, corrigindo a acidez do solo, fornecendo cálcio e magnésio, e nutriente para a planta. “Seja qual for a atividade, pecuária, agricultura, hortifrutigranjeiro, piscicultura, entre outra, pode ser utilizado o calcário. Hoje não precisamos de grandes áreas para ter renda, mas, sim, incorporar tecnologias e correção”, disse Padovani.

Para o secretário municipal de Agricultura, Alisson de Paula, esse programa é muito importante para os agricultores do município. “Iremos buscar logo este calcário. Essa é uma ação que vem com o anseio dos produtores rurais do município e conto com a parceria da Emater nessa grande parceria do Governo do Estado e a prefeitura de Alta Floresta do Oeste”, observou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS