close

DER amplia capacidade de atuação em todo o estado

DER amplia capacidade de atuação em todo o estado

DA REDAÇÃO

3 de Março de 2016 às 10:55

DER amplia capacidade de atuação em todo o estado

FOTO: (Divulgação)

Nos últimos cinco anos a estrutura do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) cresceu mais de 150%, e o órgão conta hoje com quatro usinas de asfalto quente (Concreto Betuminoso Usinado a Quente – CBUQ), além de uma estrutura para atender a cidade de Porto Velho.

Em dezembro de 2010 o Governo de Rondônia contava com oito Residências Regionais do DER, e não havia nenhuma usina de asfalto à disposição do Departamento que é responsável por cuidar da malha viária estadual. Hoje, são 15 Residências Regionais, quatro usinas de asfalto quente e a Coordenadoria de Ações Urbanísticas (CAU), criada para atender exclusivamente Porto Velho, chegando ao total 20 unidades do órgão distribuídas estrategicamente por todo o estado, atuando com um “exército” com cerca de 800 servidores.

 


O governador Confúcio Moura reativou Residência Regional do DER nos municípios de Jaru, Machadinho e Vilhena, e implantou da unidades de Extrema (na Ponta do Abunã, na divisa do estado com o Acre), em Buritis e São Francisco do Guaporé, além de estruturar  a unidade de Cacoal com máquinas e equipamentos para também recuperar estradas. Antes, Cacoal funcionava apenas como almoxarifado central, trabalhando com a distribuição de alimentos e peças para máquinas.
 
Com a estrutura fortalecida, o Governo aumentou sua capacidade de atuação para mais de 12 mil km de estradas, e antes atuava cerca de cinco mil quilômetros.  Para o diretor-geral do DER, Ezequiel Neiva, todo o investimento que o governador Confúcio destina para a recuperação, manutenção e asfaltamento das estradas, demonstra a preocupação como o desenvolvimento do Estado. “O governador otimizou o funcionamento do DER. As máquinas estão mais perto da população; as estradas estão melhores e o Governo ainda ajuda os municípios”, afirmou.
 


USINA DE ASFALTO
 
O DER tem três usinas de asfalto quente em funcionamento (em Porto Velho, Jaru e Ji-Paraná) e está em fase final de instalação a quarta unidade em Rolim de Moura. Além disso, o governo implantou outras sete usinas de asfalto frio nas Residências Regionais.

ECONOMIA
 
Toda essa estrutura permitiu ao Governo, o desafio de executar obras por administração direta (com máquinas, equipamentos e servidores próprios), com economia acima de 40% em relação ao preço praticado por empresas contratadas. “Hoje restauramos e asfaltamos rodovias por administração direta. Fazemos asfalto urbano nos municípios. Porto Velho, Buritis, Alvorada, Presidente Médici, Machadinho D’ Oeste e Ji-Paraná  são alguns dos exemplos recentes dessa visão que deu certo”, destaca Ezequiel Neiva.

RESIDÊNCIAS REGIONAIS
 
São unidades instaladas estrategicamente nos municípios, para otimizar as ações do Governo na manutenção da malha viária estadual. Cada Regional tem uma parque de máquinas e equipamentos à sua disposição, junto com servidores que são responsáveis por cuidar da malha viária em sua respectiva região.As Residências Regionais estão localizadas: Extrema (Ponta do Abunã); Porto Velho; Ariquemes; Machadinho; Buritis; Jaru; Ouro Preto; Ji-Paraná; Rolim de Moura; Alvorada do Oeste; São Francisco do Guaporé; Cacoal; Pimenta Bueno; Vilhena e Colorado do Oeste.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS