close

Projeto Viveiro Cidadão é finalista em Prêmio da Agência Nacional de Águas

O vencedor será anunciado na solenidade de premiação no dia 6 de dezembro.

DA REDAÇÃO

6 de Novembro de 2017 às 05:00

Projeto Viveiro Cidadão é finalista em Prêmio da Agência Nacional de Águas

FOTO: (Divulgação)

O Projeto Viveiro Cidadão realizado pela Ação Ecológica Guaporé – Ecoporé, com patrocínio da Petrobras é um dos três finalistas do Prêmio ANA 2017 na categoria Organizações Civis, da 6ª edição do Prêmio ANA. O vencedor será anunciado na solenidade de premiação que ocorrerá no dia 6 de dezembro deste ano, no Teatro Cultural da Caixa, em Brasília (DF).

A indicação ao prêmio é fruto das ações realizadas pelo projeto entre os anos de 2013/2015 para recuperação de áreas degradadas na sub-bacia do rio Palha nos municípios de Rolim de Moura, Novo Horizonte, Castanheiras em uma das regiões mais desmatadas do interior de Rondônia.

O Prêmio ANA é promovido pela Agência Nacional de Águas (ANA) com patrocínio da Caixa Econômica Federal, com o intuito de reconhecer o mérito de iniciativas que contribuam para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos no Brasil, promovendo o combate à poluição e ao desperdício. Além disso, o Prêmio ANA dá destaque a trabalhos que apontem caminhos para assegurar água de boa qualidade e em quantidade suficiente para os brasileiros.

Na categoria Organizações Civis da 6ª edição do Prêmio ANA, o projeto Viveiro Cidadão concorreu com 71 projetos espalhados pelo país. Ao todo, 608 trabalhos foram inscritos nesta edição do prêmio em nove categorias.

Caso o projeto se torne o vencedor, será apresentado na 8ª edição do maior evento do planeta sobre recursos hídricos, o Fórum Mundial da Água, que acontecerá de 18 a 23 de março de 2018 em Brasília.

”Ficamos muito felizes por sermos finalistas do prêmio, por vários motivos, um deles é por ser o único projeto da Amazônia a chegar até esta etapa. Além disso, pelo reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado por uma equipe que sabe o que esta fazendo, por parceiros que nos ajudam a multiplicar e disseminar essa ação e por todos os agricultores e agricultoras que se dedicam na recuperação de áreas para proteção de mananciais”, enfatizou o presidente da Ecoporé, Marcelo Ferronato.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS