close

NA CAPITAL: Travesti, morador de rua, fica em estado grave após sofrer espancamento

Seus familiares só souberam do ataque contra ele um dia após o ocorrido

DA REDAÇÃO

7 de Novembro de 2017 às 09:04

NA CAPITAL: Travesti, morador de rua, fica em estado grave após sofrer espancamento

FOTO: (Divulgação)

Através das redes sociais, internautas de várias cidades de Rondônia divulgaram a imagem chocante de um travesti que havia dado entrada no hospital João Paulo II, após ser brutalmente espancado em Porto Velho. Batizada de “Corrente do Bem”, a ação tinha como objetivo identificar parentes da vítima.
 
O jornal reconheceu o homem, apesar dos hematomas em seu rosto: trata-se do vilhenense Reinaldo Cabianchi, 38 anos, há uma década vivendo nas ruas da capital.
 
Figura conhecida em Vilhena, Reinaldo é dependente de crack. Por várias vezes, a família tentou ajudá-lo, mas ele sempre se recusou, alegando: “Essa é a minha vida”.
 
Neste momento, em estado grave, o homem está na UTI da Assistência Médica Intensiva (AMI), para onde foi transferido. Seus familiares só souberam do ataque contra ele um dia após o ocorrido.
 
Bastante desfigurado em razão dos golpes que sofreu, principalmente no rosto, Cabianchi está internado como indigente, uma vez que sempre viveu sem documentos. A família está preparando a nova papelada para tentar ao menos visitá-lo.
 
Nem mesmo as autoridades dispõem de informações sobre a motivação da agressão contra o vilhenense, registrada na noite de domingo (05).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS