close
logorovivo2

ENDOCRINOLOGIA: Médico alerta sobre patologias causadas pelo descontrole da diabetes

O médico Dr. Victor Fini, especialista em endocrinologia, alerta sobre patologias causadas pelo descontrole da diabetes

ASSESSORIA

14 de Fevereiro de 2018 às 13:39

ENDOCRINOLOGIA: Médico alerta sobre patologias causadas pelo descontrole da diabetes

FOTO: (Divulgação)

Victor esclarece que o paciente diabético que não faz controle medicamentoso, orais e injetáveis (insulina) estão propensos a uma serie de problemas de saúde como perda parcial ou total da visão causada por:

 

Retinopatia diabética é uma das complicações da diabetes e uma das principais causas de cegueira nos adultos, devida às alterações estruturais que ocorrem nos vasos sanguíneos da retina. Com o evoluir da doença, estes vasos tornam-se incontinentes e libertam sangue ou fluido sanguíneo para o espaço retiniano ou para o vítreo causando problemas na visão. A retinopatia diabética pode causar perda de visão de duas formas

 

  • 1. Os vasos sanguíneos anormais (néo-formados), como são frágeis, rompem-se e libertam sangue na cavidade vítrea, obscurecendo ou tirando mesmo a visão. Isto, normalmente, acontece nos estágios mais avançados da doença.

 

  • 2. O fluido sanguíneo pode exsudar para a região macular (parte da retina que corresponde à visão central), provocando edema e conseqüentemente perda de visão. Pode ocorrer em qualquer estádio da retinopatia diabética, embora seja mais provável que ocorra em fases avançadas da doença.

 

  • 3. O médico oftalmologista é o profissional indicado para este exame que o endocrinologista solicita.

 

Neuropatia diabética

 

Neuropatia diabética é uma doença nos nervos causada pelo diabetes

 

Os sintomas da neuropatia incluem adormecimento e às vezes dor nas mãos, pés, ou pernas. Os danos nos nervos causados pelo diabetes também podem conduzir a problemas com órgãos internos, tais como o trato digestivo, coração, e órgãos sexuais, causando indigestão, diarréia ou constipação, vertigem, infecções na bexiga, e impotência.

 

Em alguns casos, neuropatias podem causar queimações e também provocar perda de peso. Pode acontecer também depressão.

 

Circulação e oxigenação das células

 

Em diabéticos, esse processo de ida e vinda do sangue pode apresentar falhas devido à doença. O problema está no alto nível de açúcar. Acredita? O diabetes mal controlado pode levar a complicações na circulação e nos nervos. A lesão dos nervos pode provocar dores nas extremidades e até mesmo dormência. Por outro lado, o descontrole do diabetes, ao longo do tempo, pode levar ao entupimento nas artérias.

 

Membros da periferia

 

Para prevenir que a ulceração se instale é necessário que a pessoa com diabetes fique atenta a cuidados básicos como: examinar diariamente os pés a procura de frieiras, bolhas, ferimentos ou calos; secar cuidadosamente os pés após o banho com uma toalha macia, sem esfregar, especialmente entre os dedos e ao redor das unhas; manter a pele sempre hidratada aplicando um creme hidratante (menos entre os dedos, para evitar umidade); utilizar meia de algodão e nunca utilizar de nylon e usar sempre sapatos fechados.

 

Caso ocorra alguma ulceração ou o paciente já possua uma ferida ou lesão é preciso tratá-la o quanto antes com medicamento e curativo adequados, evitando a complicação do quadro. “Devido ao fato das amputações por diabetes liderarem o número de intervenções deste tipo no mundo, diversas pesquisas têm sido realizadas na busca por soluções que evitem a complicação de casos de pés diabéticos.

 

Nefropatia diabética

 

Muitos são os possíveis problemas de saúde decorrentes da diabetes, sendo ela uma doença que inspira muitos cuidados. Uma das complicações que um portador de diabetes pode ter, , é a chamada nefropatia diabética. Essa doença consiste em problemas nos vasos sanguíneos do rim e a conseqüente perda de proteínas através da urina.

 

O Médico especialista em endocrinologia, Dr. Victor Hugo Fini Jr., recomenda os diabéticos a fazerem o tratamento prescrito pelo seu médico, praticar atividades físicas, realizar exames de rotina requisitados pelo profissional médico, pois entre diversas conseqüências, o diabetes pode causar insuficiência renal, amputação de membros, cegueira, doenças cardiovasculares, e pode aumentar a incidência de acidentes vasculares cerebrais. “O portador de diabetes deve consultar com médico assistente em média a cada 60 dias e obedecer rigorosamente o horário das tomas dos medicamentos, como também, fazer a dieta receitada por esse profissional de saúde, disse Dr. Victor. 

 

 

O diretor executivo da Astir, CB PM Alan Mota lembra que o especialista atende no ambulatório da Astir as quartas e sextas-feiras por agendamento. Marque sua consulta na recepção do ambulatório ou pelos telefones 3223 3686 e celular funcional (Claro) 9 9285-6131, finalizou Alan.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS