close
logorovivo2

DERMATOLOGIA: Furúnculo o que é? Médico dermatologista da Astir explica

Sintomas: na pele, surge um “botão” endurecido, avermelhado, quente e doloroso que acaba por se transformar em um abscesso de pus

ASSESSORIA ASTIR

18 de Fevereiro de 2019 às 09:26

DERMATOLOGIA: Furúnculo o que é? Médico dermatologista da Astir explica

J. Salomõn – Médico dermatologista FOTO: (Assessoria)

O médico dermatologista da Astir, J. Salomõn explica o que é furúnculo. Trata-se de uma forma de foliculite profunda, acometendo não só o folículo piloso (é uma estrutura dérmica tegumentar que é constituída por três invólucros (ou bainhas) epitelial e é capaz de produzir um pelo. As bainhas rodeiam a raiz do pêlo, na profundidade da pele em sua profundidade, mas também a glândula sebácea anexa.

 

 

Sintomas

 

Na pele, surge um “botão” endurecido, avermelhado, quente e doloroso que acaba por se transformar em um abscesso de pus. Com o tempo, este botão amolece e drena o “carnegão”. O “carnegão” é uma massa de pus misturada com restos de pele.

 

 

Tratamentos

 

O médico ALERTA: Não faça uso da automedicação, ou seja, não tome qualquer tipo de medicamento sem receituário médico, pois pode causar sérios danos à sua saúde, muitas vezes irreversíveis o que pode eventualmente evoluir para óbito, principalmente antibióticos de qualquer natureza em conjunto com antiinflamatórios, cremes entre outros, pontuou.

 

É baseado no uso de antibióticos que atuam contra as bactérias. Compressas quentes ajudam a acelerar a drenagem e cura. Em alguns casos mais graves, há necessidade de cortar e drenar o furúnculo, mas APENAS médico está apto para realizar.

 

 

Prevenção

 

Investir na higiene pessoal e dos familiares. Limpar e manter as unhas curtas. Nos casos de furúnculos que ficam recidivando, a aplicação de pomadas de antibiótico nas fossas nasais é necessária, visando acabar com as bactérias que ficam alojadas nessa região e, de lá, invadem a pele.

 

O médico ALERTA: Não se automedique, ou seja, não tome qualquer tipo de medicamento sem receituário médico, pois pode causar sérios danos à sua saúde, muitas vezes irreversíveis o que pode eventualmente evoluir para óbito, principalmente antibióticos de qualquer natureza em conjunto com antiinflamatórios, cremes entre outros, pontuou.

 

O diretor executivo da Astir, SGT PM Alan Mota informa que o especialista atende as segundas e quartas-feiras a partir das 07h00min horas, por ordem de chegada e as quintas-feiras a partir das 13h00min Horas. Urgências e emergências, o paciente deve ser encaminhado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) que trabalha 24 horas, 7 dias por semana, com médico, equipe de enfermagem padrão, outros profissionais de saúde de sobreaviso, entre outros serviços peculiares da emergência médica, finalizou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS