close

PRECAUÇÃO: Conheça as funções de cada filtro do carro e quando trocá-los

Confira na íntegra

ASSESSORIA

23 de Agosto de 2019 às 08:45

PRECAUÇÃO: Conheça as funções de cada filtro do carro e quando trocá-los

FOTO: (Divulgação)

Uma das maiores preocupações dos motoristas, no que diz respeito à manutenção, está relacionada aos cuidados com os filtros do carro. Uma das razões para isso é o fato de que essas peças são responsáveis por impedir que impurezas penetrem no motor e comprometam seu funcionamento. São peças descartáveis, baratos e de fácil substituição.

 

Sendo assim, reproduzimos do Portal Auto Shopping um post sobre os três filtros presentes no carro — de ar, de combustível e de óleo — e a importância de cada um deles para o prolongamento da vida útil do motor. Continue com sua leitura e confira a função de cada um deles e o que fazer para trocá-los no momento certo. Confira:

 

1. Filtro de combustível: A função dessa peça é livrar o combustível de variadas partículas de sujeira, como ferrugem, água, poeira e outros resíduos, que, se passarem por ela, podem chegar ao tanque do automóvel. O filtro de combustível é adotado em todos os motores de combustão, como aqueles à gasolina, a álcool ou a diesel — sejam eles com injeção eletrônica ou carburados.

 

Para executar a troca dessa peça é necessário que o proprietário fique atento ao que diz o manual do fabricante. Ela deve ser baseada na quilometragem, que varia conforme o modelo do carro e do tipo de injeção do combustível. No geral, para carros com carro carburado recomenda-se a troca entre 8mil e 15 mil km. Já para carros com injeção eletrônica, a quilometragem indicada é entre 15 mil e 40 mil km.

 

2. Filtro de ar: Segundo o site EuAutopecas.pt que realiza vendas desse tipo de peças, o filtro de ar é geralmente necessário para limpar o ar. Isto significa limpar o pó e a sujidade indesejada que ele contém. Ele conta com um elemento filtrante, que pode ser de papel ou de malha de aço. Ele garante que apenas ar limpo penetre nos sistemas do motor, bem como na câmara de combustão.

 

Esse processo de filtragem evita que ocorra um desgaste prematuro nas partes móveis do motor, prolongando, dessa forma, sua vida útil. Por isso, a troca dessa peça no período indicado evita uma série de problemas, como o aquecimento do motor, o consumo exagerado de combustível, a perda de potência do veículo e o aumento da emissão de gases no meio ambiente.

 

A validade do filtro de ar deve ser verificada por meio da quilometragem ou mesmo pelo tempo de uso do carro após a última troca. Normalmente, pela quilometragem é aconselhável que a substituição ocorra aos 7500 km, que seria o “meio termo”, tendo em vista que os filtros têm uma duração de 10000 km nas regiões urbanas e 5000 km nas regiões rurais.

 

3. Filtro de óleo: O filtro de óleo lubrificante tem a função de prevenir que a sujeira que se instale no óleo, durante o funcionamento do carro, entre em contato com as partes móveis do motor, comprometendo sua vida útil. Sendo assim, o filtro deve ser substituído com regularidade, pois se estiver sujo pode causar entupimento do motor do veículo, podendo levar à fundição do motor.

 

Para evitar o pior, deve haver a troca regular de todos os filtros do carro, que está descrita no manual do proprietário, dentre eles o filtro de óleo. A dica é que o filtro seja trocado ao mesmo tempo que o óleo do motor do carro.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS