close

APÓS QUEIMAR COLCHÃO: Menores sentenciados passam a semana no chão em unidade na capital

Os jovens teriam se revoltado com a comida e queimaram os colchões

RONDONIAOVIVO

24 de Agosto de 2019 às 11:08

APÓS QUEIMAR COLCHÃO: Menores sentenciados passam a semana no chão em unidade na capital

FOTO: (Divulgação)

Familiares de menores de idade que cumprem que medidas socioeducativas na Unidade de Internação Masculina Sentenciada I, localizada em Porto Velho, capital de Rondônia, realizaram uma manifestação em frente ao local em protesto ao que eles consideram maus tratos com os menores.

 

Segundo os parentes dos menores, na última segunda-feira (19), os jovens apreendidos teriam recebido uma marmita azeda e revoltados tocaram fogo nos colchões e desde então vem dormindo no chão. Eles ainda alegam que foi retirado alimentação e ventiladores como forma de castigo.

 

“Eles estão dando só bolo e água para os meninos. Tomaram os ventiladores deles, sendo que nós compramos e eles não têm direito de pegar algo que é nosso”, afirmou Lidiane Pereira da Cruz, familiar de um dos menores que  cumpre medida socioeducativa na unidade.

 

A direção

 

De acordo com o diretor da unidade, o prejuízo causado pelos menores nessa rebelião com a queima dos colchões está avaliado em R$ 8 mil e caso medidas não fossem tomadas como forma corretiva os menores poder se sentir incentivados com essa situação.

 

Na unidade, os detentos recebem café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e lanche da noite, tudo testado e balanceado. “Quando é entregue um colchão nós fazemos um termo de recebimento ao menor, se ele queima o colchão, nada mais justo que os pais reponham o colchão”, afirmou diretor da unidade.

 

O repórter William Ferreira “Homem do Tempo” conversou com os familiares e com a direção da unidade.

 

Confira vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS