close

CARROSSEL: Hildon Chaves ainda não se manifestou sobre operação da PF

Secretário Municipal de Educação, Márcio Félix, ficou sabendo de operação através do Rondoniaovivo

RONDONIAOVIVO

4 de Setembro de 2019 às 08:59

CARROSSEL: Hildon Chaves ainda não se manifestou sobre operação da PF

FOTO: (Divulgação)

Deflagrada na manhã desta quarta-feira (4) pela Polícia Federal, a Operação Carrossel que cumpriu nos estados de Rondônia, Acre e Amazonas, 36 mandados judiciais, sendo 05 de prisão temporária, 17 de busca e apreensão e 14 de sequestro e indisponibilidade de bens, pegou de surpresa o primeiro escalão da Prefeitura de Porto Velho.

 

Em contato com a assessoria de comunicação institucional do executivo municipal a reportagem foi informada que o prefeito Hildon Chaves (PSDB), já tomou conhecimento da movimentação policial em torno de seus comandados, porém ainda analisa o caso para uma possível manifestação.

 

VEJA MAIS

 

CARROSSEL: PF deflagra operação para combater desvio de recursos públicos na Semed

 

CARROSSEL: Operação na Prefeitura de Porto Velho tem 5 mandados de prisão

 

Já o secretário municipal de Educação, Márcio Felix(foto), afirmou que tomou conhecimento da operação através das notícias veiculadas pelo jornal Rondoniaovivo e por volta das 08h30 desta manhã se deslocou até a secretaria para tomar conhecimento pleno da situação.

 

VEJA MAIS

 

TRANSPORTE ESCOLAR: Pais registram ocorrência na delegacia após nova paralisação do serviço

 

CRISE NA EDUCAÇÃOEstudantes de 12 comunidades estão sem transporte escolar em PVH

 

TRANSPORTE ESCOLAR: Prefeitura não cumpre promessa e moradores voltam a fechar a BR-319

 

Nem a assessoria de Hildon Chaves e nem o secretário Márcio Felix souberam informar quem teriam sido os cinco presos durante a operação, que além de agentes públicos também investiga empresários do ramo de transporte.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS