close

NOTA DE REPÚDIO: Agito é o que acontece nas UPA’s e não o trabalho do “Homem do Tempo”

William Ferreira é colaborador do Rondoniaovivo, ativista político e repórter sindicalizado, além de policial militar da reserva

RONDONIAOVIVO

11 de Novembro de 2019 às 17:15

.

 

Zelando o eixo central de nossa missão em dar voz à comunidade portovelhense há 15 anos, o jornal eletrônico Rondoniaovivo vem a público repudiar a ação de cerceamento da atividade profissional do repórter William Ferreira “Homem do Tempo”, cometida pela prefeitura de Porto Velho através do titular do Gabinete Militar, coronel da reserva Amoan Itai Garret da Silva.

 

VEJA MAIS

 

 

No caso em questão, Wiliam Ferreira estava em pleno exercício de sua função quando foi interpelado por Garret, que o impediu de registrar a reunião que seria promovida entre representantes da prefeitura e lojistas que haviam recebidos ordens de despejo. Momento em que Garret ainda afirmou que repórter estaria “agitando a comunidade”.

 

Veja o vídeo:

 

 

William Ferreira é colaborador do Rondoniaovivo, ativista político e repórter sindicalizado, além de policial militar da reserva, atualmente desempenha a função de levar sem maquiagem a realidade das comunidades da capital de Rondônia, resolvendo problemas e apoiando a comunidade. Seu trabalho passa longe de ser um “agito”.

 

Ele havia se identificado devidamente à portaria e estava no local por convite da própria comunidade. O sindicato dos jornalistas de Rondônia já foi acionado e as devidas medidas tomadas. 

 

O jornal Rondoniaovivo alerta que “agito” é o que a prefeitura de Porto Velho deixa acontecer nas UPA’s onde cidadãos esperam mais de seis horas com dores para serem atendidos, “agito” é o que acontece com mais de duas mil crianças que tiveram o ano letivo prejudicado em decorrência de ingerência da municipalidade, “agito” é o que ocorre em diversos bairros da cidade onde moradores não conseguem sair de suas casas sem literalmente enfiar o pé na lama e esgoto, “agito” são postos de saúde e unidades básicas racionando gases e injeções, “agito” é o sistema de transporte coletivo em Porto Velho, “agito” são os buracos que causam acidentes e prejuízos pelas ruas da cidade, entre centenas de “agitos” que citados nessa nota se estenderiam em milhares de linhas.   

 

Por fim, o Rondoniaovivo reafirma seu compromisso com a comunidade de Porto Velho em sempre acompanhar suas reivindicações na busca de tornar nossa cidade um lugar que definitivamente vália a pena de se viver, longe das amarras de políticos acusados de corrupção ou de simples e pura incompetência.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS