close

EDUCAÇÃO: SESI Rondônia inicia a oferta de EJA profissionalizante

A proposta pedagógica concilia Ensino Médio a distância com aulas presenciais ministradas pelo SESI

ASSESSORIA

19 de Novembro de 2019 às 15:12

EDUCAÇÃO: SESI Rondônia inicia a oferta de EJA profissionalizante

FOTO: (ASSESSORIA)

A primeira turma piloto de EJA profissionalizante - a combinação do ensino regular com a qualificação profissional -, abre para os cidadãos rondonienses novas perspectivas no mercado de trabalho. A modalidade vai atender as necessidades de jovens e adultos, conciliando educação com formação profissional, criando novas oportunidades ao formando no mercado de trabalho.

 

A proposta pedagógica concilia Ensino Médio a distância com aulas presenciais ministradas pelo SESI, uma vez por semana e a realização de um curso de Qualificação Profissional, de segmento industrial relevante, desenvolvido pelo SENAI, também realizado a distância. A matriz curricular é estruturada por áreas de conhecimento e níveis de ensino compatíveis onde são desenvolvidas competências e habilidades contextualizadas ao ambiente de trabalho.

 

O curso é semipresencial, com 80% das aulas realizadas a distância e 20% presencial. Neste formato a carga horária do Ensino Médio é de 1.200 horas. Na qualificação profissional, a carga horária é de 160 horas. Os jovens e adultos matriculados nesta modalidade, além dos certificados das duas instituições podem obter a redução da carga horária total de estudos, no ensino Médio, através da etapa de Reconhecimento de Saberes (formais e informais).

 

De acordo com o coordenador de Educação SESI/SENAI e IEL-RO, Jair S. Coelho, a expectativa é que 60 alunos concluam o curso em 2020, resultado das primeiras turmas que iniciaram em outubro e novembro de 2019. “Voltada de preferência para os trabalhadores das indústrias e seus dependentes, a EJA profissionalizante atende oportunamente pessoas da comunidade desde que preencham os pré-requisitos pertinentes: ter 18 anos e já ter concluído o Ensino Fundamental”, explica.

 

O superintendente do SESI/IEL e diretor regional do SENAI-RO, Alex Santiago explica que a nova metodologia da EJA propõe uma inovação educacional, rompendo a forma fragmentada que vem sendo desenvolvido o processo de ensino e aprendizagem na educação brasileira e já se coadunando com a nova proposta da educação básica brasileira.

 

O EJA profissionalizante é um projeto de reconhecidas oportunidades, inclusivo e muito oportuno para uma parcela significativa da população de Rondônia, que fazendo o percurso via uma indústria/empresa, esta dá o seu aval para a montagem das respectivas turmas, compostas por jovens e adultos empregados e/ou familiares dos empregados e também pessoas das comunidades aceitas nas turmas por aquiescência do cliente CNPJ. “A exemplo da indústria Globo Ave de Pimenta Bueno e Cerâmica Cena de Cacoal, dentre muitas outras, por todo o estado, que se encontram em tratativas para formação de turmas”, finaliza Santiago.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS