close

APELO: Irmãs acreditam que o pai que elas não veem há 50 anos está em Rondônia

Elas afirmam que há souberam por amigos há 30 anos, que o Osvaldino estava em Rolim de Moura, conhecido como “SINHÔ”

ASSESSORIA

21 de Janeiro de 2020 às 17:48

APELO: Irmãs acreditam que o pai que elas não veem há 50 anos está em Rondônia

FOTO: (ASSESSORIA)

As irmãs Vera Lúcia Silva e Maria Leda Oliveira da Silva, moradoras de São Paulo e Rio de Janeiro, procuraram a secretaria municipal de assistência social (SEMAS) de Rolim de Moura (RO) em busca de informações do pai Osvaldino de Oliveira da Silva, que segundo elas, está com idade entre 85 a 87 anos.

 

As irmãs informaram que não tem contato com o pai há mais de 50 anos. Elas afirmam que há souberam por amigos há 30 anos, que o Osvaldino estava em Rolim de Moura, conhecido como “SINHÔ”.

 

Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro do idoso, fazer contato com o Cras de Rolim de Moura pelo fone 069- 3442-6769 ou pelo contato 011-5891-5716, da Vera que reside em São Paulo. Ambas estão hospedadas em um hotel de Rolim de Moura, em busca do pai que não veem há 52 anos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS