close
logorovivo2

Servidores do Judiciário do Brasil debatem sindicalismo

Servidores do Judiciário de todo o país debatem questão sindical e direito de greve em Maceió

DA REDAÇÃO

8 de Novembro de 2011 às 16:09

Servidores do Judiciário do Brasil debatem sindicalismo

FOTO: (Divulgação)

Comitiva do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Rondônia (SINJUR), formada por 14 delegados da capital e do interior, se une a sindicalistas de todo o país, em Maceió/AL, para, de 10 a 13 deste mês, debater questões como a Democratização do Judiciário e a Convenção 151.
O evento, VIII CONSEJU (Congresso Nacional dos Servidores da Justiça), debaterá ainda Organização sindical, Negociação Coletiva, Direito de Sindicalização e Direito de Greve, PEC 190 e Estatuto Nacional, tendo como tema principal "Fenajud Forte e Representativa".
“Os congressistas debaterão sobre conjuntura política, novas relações do trabalho no Judiciário, democratização do Judiciário, convenção 151 e experiências de negociação nacional, que abrange Organização sindical; Negociação Coletiva; Direito de Sindicalização e Direito de Greve e PEC 190 e Estatuto Nacional”, explica o presidente do SINJUR, Israel Borges.
Segundo informações da assessoria de comunicação da Federação Nacional dos Servidores da Justiça (Fenajud) o congresso é o maior já realizado pela entidade.
A organização do evento recebeu duas teses que serão debatidas e votadas pelos congressistas. A primeira intitulada "Por uma Fenajud forte, unitária e democrática”, subscrita pelos sindicatos Serjal-AL; Sinjep-PB; Sindijus-MS; Sintaj-BA; Sindjus-RS; Sinjusc-SC; Sinjus-MG; Sindijudiciário-ES; Sindjus-PR e a segunda intitulada “Por uma Fenajud democrática e nacional – novas idéias para unir e mobilizar o Brasil” que é subscrita por sindicalistas do Sindjus-MA.
O VIII CONSEJU fará ainda uma minirreforma estatutária, cujas propostas foram encaminhadas pelo SERJAL/AL, SINTAJ/BA, SINDIJUDICIÁRIO/ES, SINDSERJ/SE e SINDJUS/MA. Das propostas apresentadas a maioria versa sobre a recomposição da diretoria, ampliando os cargos, dentre os quais as secretarias de assuntos internacionais, juventude, raça/gênero/minorias, mulheres, previdenciários e aposentados.
Palestrantes
Além da participação da vereadora Heloísa Helena (Psol-AL) na solenidade de abertura, dentre os palestrantes é grande a expectativa pela presença do Juiz Marlon Reis que faz parte da AJD (Associação dos Juízes pela Democracia) e do MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral). Além dele espera-se presenças do representante do DIEESE em Sergipe (Luis Moura), do DIAP (Marcos Verlaine), de Jean Marie Van Damme (Tribunal Popular do Judiciário), Aldemir Caetano (FUP-RJ), Dari Krain (Sesip/Campinas), Nelson Passagem (Unifesp), Dr. Marcelo Vieira (Secretário da Reforma do Judiciário), Sebastião Soares (CSPB/Nova Central), Deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), Senador Randolf Rodrigues (Psol/AP), dentre outros.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS