PENTECOSTE – Arquidiocese de Porto Velho celebra Festa do Divino Espírito Santo no próximo domingo - Rondoniaovivo.com - NOVO TELEFONE: (69) 3229-8673 PENTECOSTES – Arquidiocese de Porto Velho celebra Festa do Divino Espírito Santo no próximo domingo

Anterior

07/06/2011

Anterior

Próxima

07/06/2011

Próxima

Rondônia ,

PENTECOSTE – Arquidiocese de Porto Velho celebra Festa do Divino Espírito Santo no próximo domingo

Terça-Feira, 07 de Junho de 2011 / 10:34

Domingo, 12 de Junho, a Arquidiocese de Porto Velho celebra a Festa do Divino Espírito Santo. Nesse dia, no Campo da 17ª Brigada, a concentração começa às 16h, com a chegada das Paróquias com suas Comunidades, Grupos de Reflexão e os jovens crismados e crismandos. A previsão é de dez mil pessoas, que virão em caravanas organizadas, a pé, de carro ou ônibus, com seus cantos e camisetas coloridas, a bandeira do Divino, faixas e estandartes.
Na celebração da Missa Solene de Pentecostes, presidida pelo arcebispo Dom Moacyr Grechi e concelebrada por Dom Antonio Possamai e todos os sacerdotes da Capital, às 17h, proclamaremos: “Creio no Espírito Santo, que é Senhor e dá a vida”! “Creio no Espírito Santo, dom de Deus pela vida no Planeta”!
A Solenidade de Pentecostes, comemorada 50 dias após a Páscoa, relembra Jesus Ressuscitado que envia o Espírito Santo sobre a comunidade reunida e todos os integrantes da Igreja nascente, dentre os quais Maria, a mãe de Jesus e outras mulheres (At 1,14-15). A vinda do Espírito Santo sobre os discípulos é o cumprimento da promessa de Jesus: "Rece­bereis uma força, a do Espírito Santo que des­cerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra" (At 1,8).
 “Pentecostes: Dom de Deus pela vida no Planeta” é o tema da Festa Arquidiocesana de Pentecostes 2011, dom que recebemos e nos torna conscientes de que somos parte de um todo e de um mesmo corpo vivo chamado planeta terra, também denominado "planeta água". Somos convidados a assumir o compromisso do cuidado amoroso com a Mãe Terra, com a água e com todo ser vivo, pois a crise da não sustentabilidade da Terra se manifesta cada vez mais ameaçadora.
Queremos nesse dia, lembrar os gritos da Amazônia, as vítimas das enchentes, tornados, tsunamis; também aqueles que tombaram pela vida da floresta, assassinados de forma cruel e covarde; irmãs e irmãos nossos ameaçados de morte; enfim, o destino do planeta Terra diante da lógica perversa da destruição, do aquecimento global e mudanças climáticas. “Vem Espírito Santo; faz de nós uma Igreja de portas abertas, coração compassivo e esperança contagiosa. Que nada nem ninguém nos distraia ou desvie do projeto de Jesus: fazer um mundo mais justo e digno, mais amável e ditoso, abrindo caminhos ao reino de Deus” (J.Pagola).
Receber o dom de Deus não significa permanecer passivo porque Deus vem ao encontro dos seres humanos que lutam para sobreviver, para salvar sua vida da opressão, da dominação e da morte. Tal luta provém do Espírito. A luta no mundo exterior se funda, em primeiro lugar, numa luta do ser humano em si mesmo. O ser humano não transforma o mundo exterior se perdeu o ânimo de viver e de lutar (M.Couto). Mediante a experiência e o testemunho dos que nos rodeiam, também nós podemos abrir o coração à ação do Espírito, nesta Festa da convergência de todas as pessoas acolhendo o dom total do Espírito Santo na comunidade.
Pentecostes é sinal de unidade na diversidade, por isso ele inspira as mais diversas pastorais, movimentos e serviços no coração da Igreja. Fortalece nossa missionaridade que gera a comunhão.
As Comunidades Eclesiais de Base constituem um dom que Deus concedeu à sua Igreja, especialmente na Amazônia; são obra do Espírito Santo. Sua maior riqueza é a força transformadora que vem do Espírito, capaz de gerar a esperança na construção do projeto de Deus, sonho dos pobres, dos simples e dos humildes, a quem preferencialmente pertence o Reino.

Fonte: Arquidiocese PVH

0 Comentários Comentar Notícia

Últimas Notícias

Veja Mais

Publicidades