close
logorovivo2

Campanha de ?combate à violência? no Estado é intensificada por sindicato, PF e Governo

Campanha de ?combate à violência? no Estado é intensificada por sindicato, PF e Governo

DA REDAÇÃO

15 de Setembro de 2007 às 12:42

Campanha de ?combate à violência? no Estado é intensificada por sindicato, PF e Governo

FOTO: (Divulgação)

*A Campanha de Combate à Violência, com o tema troque sua arma de brinquedo por um cupom e concorra a uma bicicleta, lançada na manhã de quinta-feira, pelo Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado de Rondônia/SINDESP e Polícia Federal, em parceria com o Governo do Estado, tem como alvo principal o público infantil. O encerramento da campanha está previsto para o dia 22, com sorteio de brindes para as crianças que devolverem seus brinquedos perigosos, além do sorteio de um computador para a escola que arrecadar mais armas de brinquedos. *O secretário estadual de Educação, professor César Licório informa que foram contempladas 11 escolas para participarem do evento educativo. Os cupons para troca estão disponíveis nas escolas estaduais contempladas Risoleta Neves, João Bento, Maria de Nazaré, Padre Chiquinho, Jorge Teixeira, 4 de Janeiro, Oswaldo Piana, Jânio Quadros, Tancredo Neves, Carmela Dutra e Vicente Salazar. *O objetivo é recolher o maior número de armas de brinquedos das crianças. ?Arme seus filhos com amor e carinho e faça valer o verdadeiro espírito de criança, brincando e semeando a paz?, ressaltou o agente federal João Bosco Costa, coordenador do comitê estadual do Desarmamento da Polícia Federal. *Visando o fortalecimento da campanha, o secretário Licório recebeu em seu gabinete na manhã de ontem, o agente federal João Bosco, o presidente do Sindesp Aroldo G. da Costa e o vice-presidente do Sindesp Roberto Magela, para discutirem sobre os preparativos finais da realização do evento. *De acordo com o governador Ivo Cassol, a parceria visa conscientizar a comunidade educacional sobre a generalização da violência. ?A partir do momento em que os professores, técnicos e crianças estudantis ficarem sensibilizadas com os surtos de violência ocorridos, nós refletimos sobre a necessidade de encontrar caminhos para rever esta situação no ambiente educacional, através desta Campanha que deve ser um sucesso?, destaca Cassol.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS