close
logorovivo2

Vizinho acusado de tentativa de estupro é preso após ser flagrado escondido debaixo da cama de uma menor

Vizinho acusado de tentativa de estupro é preso após ser flagrado escondido debaixo da cama de uma menor

DA REDAÇÃO

12 de Dezembro de 2008 às 23:06

Vizinho acusado de tentativa de estupro é preso após ser flagrado escondido debaixo da cama de uma menor

FOTO: (Divulgação)

No início da tarde de quinta-feira (11) uma guarnição da PM prendeu o autônomo Jonas Lopes Barbosa, de 33 anos, acusado de tentativa de estupro a uma menor de 10 anos. O caso aconteceu na casa da menina, durante a ausência da mãe. A residência fica localizada na avenida Calama, bairro Planalto, zona Leste da capital.

Segundo relata o histórico do Boletim de Ocorrência n°9123/2008 o acusado estaria na residência tentando abusar sexualmente da menor, onde, segundo depoimento dela, por várias vezes tentou arrancar a sua blusa para “chupar seus seios”, mas não conseguiu. Segundo a criança, Lopes estava com as calcas arriadas somente até os joelhos e teria mandado ela tirar a roupa.

DEBAIXO DA CAMA

Lopes foi flagrado por uma vizinha da garota, que teria ido até a residência da mãe da menor buscar algumas panelas que haviam sido emprestadas,quando depois de bater na porta, a menina, visivelmente assustada, insistia em dizer que sua mãe não estava em casa. Desconfiada a vizinha pediu então que a menor lhe desse um copo com água, foi quando aproveitou o momento de distração da menina, a mulher entrou na residência e ao adentrar no quarto, viu as pernas de Lopes esticadas embaixo da cama.

Surpreso com o flagrante, Lopes disse que estava ali apenas para consertar um “bico de luz”. A vizinha não ficou convencida da desculpa esfarrapada, pois no local onde o homem se encontrava não havia interrup tor de energia, ainda mais debaixo da cama. Lopes então pra se livrar da prisão disse ser amigo da família.

Uma guarnição foi acionada e imediatamente chegou no local, quando os policiais tiveram que usar de força para prender Lopes, que tentou resistir à prisão. Ele foi conduzido até a Central de Polícia e depois levado para a Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente (DPCA)para registro do flagrante.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS