close
logorovivo2

Agente da PF de Rondônia é preso no Mato Grosso com 70 Kg de maconha e dois fuzis

O agente da Polícia Federal, Paulo Alexandre Augusto Catunda Freitas, 36, lotado na 2ª Delegacia da PF, em Ji-Paraná, APF Freitas, foi preso na manhã do último domingo (30/09), transportando 70 Kg de Maconha além de dois Fuzis, de calibre 762, de uso excl

DA REDAÇÃO

3 de Outubro de 2012 às 09:31

Agente da PF de Rondônia é preso no Mato Grosso com 70 Kg de maconha e dois fuzis

FOTO: (Divulgação)

   

O agente da Polícia Federal, Paulo Alexandre Augusto Catunda Freitas, 36, lotado na 2ª Delegacia da PF, em Ji-Paraná, APF Freitas, foi preso na manhã do último domingo (30/09), transportando 70 Kg de Maconha além de dois Fuzis, de calibre 762, de uso exclusivo das forças armadas brasileiras.
Conforme foi relatado no boletim de ocorrências, registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O PF ainda tentou furar a barreira policial montada em um Posto da PRF, localizado na BR-463, em Ponta Porã (MS), mas foi contido após uma perseguição que durou cerca de meia hora.
A prisão do Policial Federal aconteceu por volta das 08h00, no mesmo Posto da PRF. De acordo com o boletim de ocorrência, o Policial Federal Paulo Alexandre, de 36 anos de idade, estava dirigindo o veículo GM Montana, de placas de São Paulo/SP, quando “furou” o bloqueio policial e tinha um outro . Após quase meia hora de perseguição, o veículo foi interceptado e os suspeitos presos. O passageiro foi identificado como Alexandre Marinho Nunes.
Ao fazer uma busca minuciosa no veículo, os policiais encontraram cerca de 70 quilos de maconha e dois Fuzis, de calibre 762, acondicionados na carroceria da caminhonete. Segundo o que foi relatado pelos presos, tanto a droga como as armas seriam levadas para o Estado de São Paulo.
No mesmo domingo, a PRF conseguiu apreender um outro veículo que estava transportando drogas, totalizando 220 quilos de maconha apreendidas. As duas ocorrências foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS