close

DENARC - Irmãos são presos com 15 kg de maconha no Nacional

Os policiais começaram a monitorar os elementos e em dado momento observaram Antônio saindo no seu veículo Honda Civic de cor prata e chegando na casa do irmão que tomava de conta da vila de apartamentos e resolveram agir surpreendendo os irmãos que não t

RONDONIAOVIVO

13 de Abril de 2017 às 20:03

DENARC - Irmãos são presos com 15 kg de maconha no Nacional

FOTO: (Divulgação)

Dois irmãos identificados pelos nomes de Antônio. R. A. (37) e Sorimar. R. S. (45) pelo crime de tráfico de drogas. Com eles foi localizado aproximadamente 15 quilos de maconha em uma vila de apartamentos que pertence ao suspeito Antônio, conhecido pelo apelido de "Matozinho", localizada na Rua Tucumã, Bairro Nacional, região norte da capital.

O trabalho dos policiais se deu após receberam várias denúncias dando conta que os irmãos estavam fazendo o comércio de entorpecente pelo bairro, tirando a paz dos moradores que sofriam com roubos e furtos de usuários de drogas que faziam esses delitos para adquirir a droga com os suspeitos. 

Os policiais começaram a monitorar os elementos e em dado momento observaram Antônio saindo no seu veículo Honda Civic de cor prata e chegando na casa do irmão que tomava de conta da vila de apartamentos e resolveram agir surpreendendo os irmãos que não tiveram escapatória.

Os policiais localizaram em um dos apartamentos a droga além de dinheiro trocado, caracterizando o tráfico de drogas. Uma moto XRE 300 e um Honda Civic, que segundo a policia eram usados para fazer a entrega das drogas nas bocas de fumo da região, foram apreendidos.

Diante dos fatos eles receberam voz de prisão e foram encaminhados para o departamento de Narcóticos, onde foram ouvidos pelo delegado responsável pelas investigações e posteriormente foram encaminhados para o presídio Pandinha, onde aguardaram a decisão da justiça no regime fechado.

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS