close

COLETIVA: "Robsinho" e comparsa que balearam coronel são presos junto com bando

Confira a coletiva

RONDONIAOVIVO

21 de Agosto de 2019 às 11:29

Em uma grande operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (21) a Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio prendeu uma quadrilha especializada em roubos usando armas de grosso calibre, em Porto Velho (RO).

 

Na ocasião foram presos Robson Vidal de Almeida, 24, vulgo Robsinho e Charles Jhones, ambos foragidos do presídio Milton Soares de Carvalho - 470. Segundo a polícia, a dupla participou do roubo na fazenda de um coronel da PM no último dia 09 na BR-319, altura do quilômetro 40.

 

Durante roubo o coronel reagiu e houve troca de tiros que culminou com um dos bandidos morto, Arlindo Pulqueiro, vulgo Mancha. O militar foi baleado no tórax, mas sobreviveu ao ataque.

 

Robsinho e Charles Jhones fugiram e hoje (21) foram presos em uma residência no bairro Nova Esperança. No dia do crime foi preso um motorista de aplicativo por dar apoio aos assaltantes, levando-os até a fazenda. Ele chegou a socorrer o foragido Arlindo para o hospital e alegava que estava apenas prestando ajuda ao bandido, mas a polícia apurou que ele participou auxiliando o trio no transporte até o local do crime. 

 

Durante a ação da polícia foram presos mais quatro assaltantes que teriam participado de um arrastão em um condomínio de luxo na Estrada do Santo Antônio. O crime aconteceu no dia 30 de junho deste ano. Na ocasião, as vítimas foram agredidas e amarradas. Segundo as investigações da polícia, Robsinho e Charles Jhones não participaram do roubo no condomínio, mas o bando todo se conhece, tanto que eles foram presos juntos em residências no bairro Nova Esperança.

 

A operação foi coordenada pelos delegados Marcelo Resem, Vinícius Lucena, José Marcos e também pelo diretor geral da Polícia Civil, Samir Fouad Abboud. As armas usadas pelo bando não foram localizadas. Contudo, os policiais apreenderam 13 munições de calibre 12 e 16, celulares roubados das vítimas no condomínio, mochilas, além de um rádio comunicador na frequência da polícia.

COLETIVA:  "Robsinho" e comparsa que balearam coronel são presos junto com bando
COLETIVA:  "Robsinho" e comparsa que balearam coronel são presos junto com bando
COLETIVA:  "Robsinho" e comparsa que balearam coronel são presos junto com bando
COLETIVA:  "Robsinho" e comparsa que balearam coronel são presos junto com bando
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS