close

NÃO MORREU : "Marcelo Bate-Estaca" permanece na UTI do hospital João Paulo II

"Bate-Estaca" estava foragido do presídio Milton Soares de Carvalho - 470, desde o mês de maio do corrente ano

RONDONIAOVIVO

19 de Setembro de 2019 às 10:14

NÃO MORREU : "Marcelo Bate-Estaca" permanece na UTI do hospital João Paulo II

FOTO: (Divulgação)

Permanece na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital João Paulo II em Porto Velho (RO), o criminoso considerado de alta periculosidade, Marcelo Brito Sales, 34, vulgo "Marcelo "LBate-Estaca". Ele foi alvejado com três tiros durante troca de tiros com a Polícia Militar na madrugada de quarta-feira (18) no bairro Três Marias, na zona Leste da capital.

 

"Bate-Estaca" estava foragido do presídio Milton Soares de Carvalho - 470, desde o mês de maio do corrente ano. Após a fuga, segundo a polícia, o criminoso teria assassinado a tiros pelo menos três pessoas devido a briga entre facções. Ele também seria o autor de algumas tentativas de homicídio ocorridas na cidade e de um crime de latrocínio.

 

VEJA MAIS

 

 

 

O bandido é integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e antes de ser baleado pela PM havia roubado R$ 10 mil de um supermercado no último domingo (15) na zona Sul.  

 

Demonstrando deboche com a Justiça, ele ainda gravou um vídeo ostentando parte do dinheiro roubado do comércio.

NÃO MORREU : "Marcelo Bate-Estaca" permanece na UTI do hospital João Paulo II
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS