close

COLETIVA: Dez são presos em esquema que desviou R$ 2 milhões no Incra

Assista a coletiva

RONDONIAOVIVO

11 de Dezembro de 2019 às 11:58

O delegado Heliel Martins Costa (Coordenador da operação) e Miguel Maurício Kurilo, Superintendente da Controladoria Geral da União (CGU) passaram detalhes das duas operações deflagradas pela Polícia Federal com apoio da CGU na manhã desta quarta-feira (11) em Rondônia

 

Ao todo 10 pessoas, entre elas servidores públicos federais e um contador, foram presas suspeitas de corrupção.

 

De acordo com as investigações, o esquema era formado por agentes públicos do Incra, que se utilizando o poder de gestão direcionavam contratações irregulares de uma empresa específica para realizar eventos, cuja documentação usada para prestação de contas continha fortes indícios de fraude, além de não refletir a realidade dos serviços prestados.

 

A firma contratada recebia o pagamento integral do valor contratado, porém, não fornecia a totalidade dos itens exigidos para os eventos, havendo condutas suspeitas por partes dos agentes públicos envolvidos no processo.

 

Segundo o delegado Heliel Martins Costa, com a fraude os investigados desviaram pelo menos R$ 2 milhões dos cofres públicos.

 

COLETIVA: Dez são presos em esquema que desviou R$ 2 milhões no Incra
COLETIVA: Dez são presos em esquema que desviou R$ 2 milhões no Incra
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS