close

Governo do PT passa a perna em servidores federais Por Valdemir Caldas

Governo do PT passa a perna em servidores federais Por Valdemir Caldas

DA REDAÇÃO

15 de Setembro de 2015 às 11:30

Governo do PT passa a perna em servidores federais Por Valdemir Caldas

FOTO: (Divulgação)

Representantes de servidores federais, em Rondônia, decidiram aceitar a proposta imoral do governo federal e por fim a greve (diga-se de passagem, justa, sob todos os aspectos) que se arrastava há quase trinta dias. A categoria já nem se lembra de quando foi o último reajuste dado pelo governo.

Os servidores reivindicavam aumento salarial de 27,3%, mas o governo do PT sinalizou com míseros 10,8% e, o que é pior, divididos em dois anos, sendo 5,5% em 2016 e 5,3% em 2017. Isso mesmo, aumento só em 2016 e 2017! Quanta desfaçatez! Quanta injustiça!

Inacreditável! Mas ainda tem gente que acha que o servidor saiu no lucro. Uma ova! Para quem recebe auxílios creche e moradia o acordo pode até ter sido um bom negócio, mas a maioria dos que prestam serviços à máquina oficial só sabe o que é isso de ouvir falar.

Pior, ainda, é a situação daqueles que estão com um pé na aposentadoria e receiam perder benefícios como os auxílios transporte e alimentação, além de gratificações que o governo petista prometeu incorporá-las à remuneração, mas, até hoje, não o fez.

Torci, vibrei, para que os servidores conseguissem, pelo menos, 15%, ainda que em 2016, mas não foi dessa vez. E, certamente, não haverá esperança de dias melhores enquanto o PT estiver no poder.

Que pena! Tanto esforço dos servidores para nada. Fazer o quê? É o reflexo de um governo que preferiu alimentar a corrupção a ter que valorizar os que carregam a máquina pública nas costas.

Quando o PT estava na oposição, os servidores públicos representavam uma de suas bandeiras de luta. Hoje, eles não passam de peças de reposição de uma máquina carcomida pela podridão da corrupção.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS