close

Mulheres inauguram agroindústria de frango caipira em Candeias do Jamari

Raupp participou do evento e da entrega de títulos de regularização fundiária.

DA REDAÇÃO

25 de Setembro de 2017 às 15:51

Mulheres inauguram agroindústria de frango caipira em Candeias do Jamari

FOTO: (Divulgação)

O protagonismo feminino alcançou empreendedorismo rural em Rondônia. Durante este final de semana, um grupo de mulheres assentadas da Cooperativa de Agricultura Familiar Flor do Amazonas (Cooaffa), inaugurou uma agroindústria para o abate e processamento de frango caipira, na zona Rural de Candeia do Jamari.

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), prestigiou o evento e ressaltou a força do agronegócio. “O Brasil vive, de acordo com os especialista e indicadores, uma virada econômica, após uma fase difícil. É com a força do agronegócio e com a importante participação feminina que estamos voltando ao trilho do desenvolvimento”, declarou Raupp.

O empreendimento tem a participação do Incra, da Santo Antônio Energia (SAE) e do governo de Rondônia.

“Este é um projeto que teve início há seis anos, após a capacitação em avicultura oferecida pelo Incra, em conjunto com a aplicação de recursos do Programa de Crédito Instalação na modalidade Fomento Mulher”, informou Leonilda Mattara, uma das líderes da iniciativa.

De acordo com o superintendente Cletho Muniz de Brito, o Incra, por meio do Programa Terra Sol, forneceu para o empreendimento os maquinários, instalações frigoríficas, móveis, utensílios e equipamentos de proteção individual (EPIs), com investimento de R$ 400 mil.

A Santo Antônio Energia construiu a estrutura física da agroindústria, levou a energia trifásica, capacitou e criou a cooperativa, mantém o acompanhamento técnico e distribuiu calcário para correção do solo para os cooperados. O governo estadual perfurou o poço de abastecimento de água com 100 metros de profundidade, equipou com bomba e doou um caminhão de pequeno/médio porte refrigerado para a entrega dos produtos.

“Vamos buscar agora o apoio de órgãos que fornecem alimentação, para que façam contato com a agroindústria, com a finalidade de empreender a compra direta destes produtos”, informou Mary Braganhol, secretária adjunta da Agricultura do governo do Estado.

Títulos rurais

Foram entregues, ainda, títulos de terra a doze famílias com o objetivo de intensificar a regularização fundiária em Rondônia.

“A Lei 13.465/2017 trouxe melhores condições para que o Incra e o Terra Legal façam o que fizeram aqui hoje, entregando títulos de graça a quem tem até 60 hectares de terra. Vamos continuar trabalhando para que esse importante instrumento da política de reforma agrária, seja usado com maior intensidade”, destacou o senador Valdir Raupp. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS